Aguarde...

cotidiano

Estudantes da Unesp criam manual para evitar a covid-19 no comércio

Projeto foi desenvolvido por alunos que fazem parte de empresas juniores de Araraquara

| ACidadeON/Araraquara

Estudantes da Unesp criam manual para evitar a covid-19 no comércio
Com a flexibilização das atividades econômicas neste período de pandemia do coronavírus cresce o número de pessoas contaminadas pela covid-19. As normas de segurança pra evitar o contágio da doença entre clientes e colaboradores são disponibilizadas a todo momento, mas isso não significa que estejam fazendo como deveria.

Foi pensando na prática correta das normas de higienização pra evitar o máximo o contágio da doença que alunos pesquisadores da Unesp de Araraquara criaram um manual de boas práticas.

Eles fazem parte das empresas juniores, a Catálise Junior. Empresa Júnior de Farmácia e Engenharia de Bioprocessos, e a Química Júnior - Empresa Júnior de Química e Engenharia Química.

A estudante e diretora de projetos da Química Júnior, Giulia Bueno, explica que o projeto começou com o foco nos setores do comércio e condomínio, visto que no início da pandemia a alternativa de venda e recebimento de produtos era, principalmente, por delivery, e esses setores foram os que utilizaram do serviço.
"A gente fez uma pesquisa e percebemos que a maior parte dos consumidores não se sentiram seguros em receber os pedidos feitos por meio de delivery. E, dessa forma, iniciamos esse projeto vendendo para comércios que usavam esses deliverys, na época o comércio estava fechado, e percebemos ainda que, além do comércio, os condomínios também tinham essa falta de segurança e medo da contaminação do vírus", explica Giulia.
Estudantes da Unesp criam manual para evitar a covid-19 no comércio
Com o retorno gradativo das atividades, diferentes situações passaram a acontecer. Mais estabelecimentos puderam abrir e outras alternativas de comercialização de produtos começaram a surgir, exemplo disso, são os cinemas drive in.

Giulia conta que as empresas juniores já estão pensando neste cenário e conta como o projeto de boas práticas funciona. "Não apenas cinemas, mas shows e eventos que também vem sendo realizados no sistema Drive-in". Esse projeto de boas práticas não conta somente com guias e cartazes informativos, mas conta com uma gestão de marketing, onde a gente personaliza de acordo com a identidade visual do cliente, como também inclui treinamento para o dono e os funcionários do comércio. No caso dos condomínios, o treinamento é passado para o próprio síndico", explica.

Entre os tópicos abordados nos treinamentos, estão as formas seguras de prevenção da covid-19, mas, também a importância de determinados produtos químicos na eliminação do vírus.

"A gente aborda como os funcionários devem se prevenir, como devem se portar, informações corretas e claras de como higienizar os locais e informações ligadas a área da química, relacionada a desinfecção e higienização, e como esses produtos químicos conseguem eliminar o vírus".

Para o estudante Marcos Vinicius, assessor de mercado da Catálise Júnior, esse momento de crise deixa claro que o novo normal se perpetuará. Por isso, é necessário que as pessoas se adequarem as novas regras de segurança que ajudam na prevenção do novo coronavírus.

Vinicius explica que as empresas juniores seguem as normas da Organização Mundial da Saúde (OMS), e pretende diminuir ao máximo o número de pessoas acometidas pela covid.

"Estamos passando por um período conturbado e, sem dúvidas, isso irá mudar o modo como a gente vive atualmente. Na verdade, já está mudando. Pensando neste contexto, nesse novo normal, nós oferecemos aos micros e macros empreendedores, os Protocolos Operacionais Padrões (POPs) personalizados, adequados com base nas diretrizes da OMS e dos Ministério da Saúde. Tudo isso para que possamos passar por esse período com o mínimo de perdas de vidas possíveis e oferecendo segurança não só para os trabalhadores como também para os consumidores", ressalta.

As empresas juniores não têm fins lucrativos. Elas oferecem serviços e consultorias como empresas comuns do mercado a custo reduzido. Além disso, são completamente geridas por alunos da graduação com respaldo de professores da universidade. O objetivo é colocar em prática o conhecimento adquirido nas salas de aula.

Mais informações podem ser obtidas pelos sites, quimicajr.com.br e catalisejr.com.br ou pelos telefones (14) 99715-0936 (Clara) e (18) 99775-5253 (Luca).

Mais do ACidade ON