Aguarde...

cotidiano

"Já passamos da fase de orientação, agora é multa", diz secretário de Segurança

João Alberto Nogueira Junior diz que os motoristas devem apresentar uma justificava para circular durante o período de lockdown em Araraquara

| ACidadeON/Araraquara

Fiscalização para o cumprimento do lockdown em Araraquara (Foto: Prefeitura)
 
A força tarefa composta por agentes de trânsito e polícia militar está nas ruas fiscalizando a circulação de pessoas. Com o decreto de lockdown total em Araraquara só podem circular quem trabalha em serviços essenciais e quem precisa de atendimento médico. 

ENTENDA COMO FUNCIONA O LOCKDOWN EM ARARAQUARA 

O coronel João Alberto Nogueira Junior, secretário de Segurança Pública, reforça que os agentes estão orientados a notificarem quem não justificar a circulação. "A fase de orientação já passou, foi na semana passada, agora estamos sendo mais rigorosos e se a pessoa não justificar será notificada e a notificação pode se transformar em multa", explica Nogueira Junior, em entrevista ao programa Manhã CBN.

Ele explica que no momento da abordagem, o motorista deve apresentar um documento que comprove a necessidade da circulação. Caso contrário recebe uma notificação e tem 10 dias para apresentar a justificativa, caso contrário é multado. 

O motorista que estiver circulando sem autorização pode ser multado em 2 Unidades Fiscais do Município (UFM), ou seja, R$ 120,56.  
 
Nogueira Junior reforça que bloqueios estão sendo feitos também na entrada principal de Araraquara. "No primeiro dia de lockdown total, que foi no domingo [21], a cidade estava bem tranquila. Das 12h às 18h foram abordados 71 veículos e feitas nove notificações", reforça. 



Mais notícias



Mais notícias do ACidade ON