Aguarde...

cotidiano

Suspensão das aulas presenciais é prorrogada até junho em Matão

Medida vale para unidades municipais e estaduais; decreto entrou em vigor no último sábado (15)

| ACidadeON/Araraquara

Prefeitura de Matão publicou decreto sobre o tema na última sexta-feira (14) (Foto: Amanda Rocha)
 

Decreto municipal publicado pela Prefeitura de Matão estende a suspensão das aulas presenciais nas escolas municipais e estaduais até o próximo dia 4 de junho. 

O documento é válido desde o último sábado (15) e foi assinado pelo prefeito em exercício Cido Ferrari (PT), que garante que a administração municipal segue o Plano São Paulo. 

A volta às aulas gradual é permitida na fase de transição do plano estadual, porém, a Prefeitura de Matão não chegou a permitir o retorno na cidade. 

Em nota, a secretaria da Educação do Estado afirma que os municípios possuem autonomia para decidir sobre a autorização das atividades presenciais, desde que embasados. 

"Vale ressaltar que desde março deste ano, o Estado de São Paulo reconhece a educação como atividade essencial e garante o funcionamento das escolas em qualquer fase da pandemia, com pelo menos 35% dos alunos de forma presencial por dia, sempre priorizando os que mais precisam. Nos municípios em que as atividades presenciais estão suspensas, os estudantes seguem realizando as aulas de forma remota por meio do Centro de Mídias SP, assim como o acompanhamento dos professores de cada unidade", conclui a nota. 

AUMENTO DE CASOS E MORTES
A Terra da Saudade registra aumento no número de casos e mortes em decorrência da covid-19. Entre os dias 8 e 14 de maio, foram 190 novos registros da doença, aumento de 53,2%. 

Nos últimos sete dias, a cidade também registra 12 vítimas, contra sete da semana anterior. 

Desde o início da pandemia, em março do ano passado, Matão registra 4.396 casos, com 118 mortes e taxa de letalidade de 2,7%.


Mais notícias



Mais notícias do ACidade ON