Publicidade

cotidiano

Família com idosa acamada pede ajuda com medicamentos

Família com idosa doente precisa de remédios, fraldas; aluguel e contas da casa estão atrasadas

| ACidadeON/Araraquara -

 

Idosa Rita Germano de Sales sofreu dois AVCs e precisa de doação de fraldas G (Foto: Arquivo pessoal)
 

 

 

 

 

  

 

 


 

 


 Uma família de Araraquara com uma idosa acamada passa por sérias dificuldades financeiras no Parque São Paulo.

Terezinha Sales de Lima precisou pedir demissão para cuidar da sua mãe Rita Germano de Sales, de 77 anos, e família recebe no momento apenas R$ 617 do INSS. 

As contas da casa estão acumulando e elas precisam devolver o imóvel pois o proprietário pediu a casa. Fora essa situação, dona Rita precisa de medicamentos: ela sofreu dois AVCs em 2021, e perdeu os movimentos e a fala. 

Desde então, a idosa depende de cuidados especiais de sua família 24 horas por dia. Ela só se alimenta por sonda e precisa constantemente trocar de fralda. 

SITUAÇÃO DIFÍCIL
Terezinha está desesperada e fez um apelo para ajuda com medicamentos e qualquer valor para nas contas da casa. Só o aluguel que está atrasado é R$650, fora conta de água e luz, além de alimentação. 

A desempregada ganhou um carrinho para fazer lanches e começou vender em sua casa, porém o proprietário não quer que ela use o espaço para fins comerciais. Sua filha, Hanna, começou a trabalhar há duas semanas.

"Podem vir pessoalmente ver o caso e a situação em que estamos. Eu tinha outra vida quando trabalhava, está muito difícil.Precisamos medicação, Apresolina 50mg , Anlidipino 25mg , lenço umedecido , fralda G e pomada de assadura", comentou. 

A idosa é diabética e troca de fralda cerca de 10 vezes ao dia. O que elas conseguem através do posto de saúde não é suficiente para o mês. "Gastamos muito em água e sabão porque lavo muita roupa, lençol", frisou.  

 

A idsoa Rita Germano de Sales está acamada desde o começo de 2021: família  precisa de doações de fraldas e medicamentos

 

 Terezinha disse que alguns remédios consegue no posto de saúde mas outros estão em falta e elas não têm condições de comprar. 

" Alimentação eu consigo me virar, como um pão arroz feijão e está tudo bem. Esses dias ganhamos uma cesta do Cras. Mas tem dias que não consigo comprar nem sabão, muito menos medicamentos ", apontou. 

Ela comentou que aguarda o contato da assistência social da Prefeitura de Araraquara desde novembro do ano passado. A reportagem entrou em contato com a Prefeitura neste sábado (15), porém não obteve retorno. A matéria será atualizada assim que a Prefeitura responder sobre o caso. 

O QUE DIZ A PREFEITURA 

 Em nota nesta segunda-feira (17), a Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social relatou que a família é acompanhada pelo CRAS Parque São Paulo desde maio de 2021 , principalmente no que tange a insegurança alimentar. 

"Hoje foi realizada uma nova visita domiciliar com intuito de verificar as necessidades e ofertar os encaminhamentos pertinentes. É importante destacar que a equipe está se mobilizando para verificar a possibilidade de inclusão em programas sociais com vistas a garantir a proteção social da família", apontou a prefeitura.  

A Secretaria de Saúde informou que a paciente recebe fraldas mensalmente. A última retirada foi realizada mês passado e as fraldas desse mês (01) estão disponíveis para retirada. O setor entrará em contato com a paciente para verificar a necessidade de fornecimento de medicamentos.


COMO AJUDAR?
Para ajudar a família com doações de fraldas tamanho G, lenços umedecidos, remédios e alimentos entre em contato com o número 16 98130-7481 (Terezinha)  

Endereço para doações :
Avenida: Professora Julie Vilacc, 56 - Parque São Paulo.

Para doações em qualquer valor, faça um PIX para o número (16) 98130-7481 (Terezinha)
 

Matéria atualizada na segunda-feira (17) às 18h16

Mais notícias


Publicidade