ACidadeON Araraquara

Araraquara
mín. 20ºC máx. 36ºC

cotidiano

"Eu tinha planejado um, mas Deus me deu três", diz mãe de trigêmeas aos 42 anos

Maria de Souza deu à luz em São Carlos. Família passa por dificuldades financeiras e pede doações

| ACidadeON

Divulgação
Família após o parto na maternidade (foto: arquivo pessoal)

 

Uma dona de casa de 42 anos deu à luz trigêmeas na manhã desta quinta-feira (8) na maternidade da Santa Casa de São Carlos. Os bebês nasceram prematuros, de 34 semanas, e passam bem. Maria Ivoneide de Souza é moradora do bairro Eduardo Abdelnur e já é mãe de um menino, de quatro anos.

Ela contou que a gravidez foi planejada e, inclusive, havia sofrido um aborto poucos meses antes desta gestação. As três meninas terão o primeiro nome igual o da mãe: Maria Aparecida, Maria Lorena e Maria Cynthia – a última em homenagem a médica que realizou o parto.

“Maria porque é meu nome e porque meu marido é devoto a Nossa Senhora. Então decidimos colocar tudo Maria”, explicou a mãe sobre a escolha dos nomes.

Descoberta

Apesar de estar pensando em ter um segundo filho, antes de descobrir a gravidez, a notícia de que viriam três assustou a dona de casa, que chegou a pensar que estava doente. “No inicio eu achava que era uma doença, não acreditava em uma gravidez. Eu pedi para o meu marido passar na farmácia e comprar o teste, o resultado deu duvidoso. Eu fui no posto, pediram para fazer exames, eu fiz. Conversei com o médico e ele perguntou se tinha jeito de fazer um ultrassom. [Então], ele falou: espera, tem alguma coisa errada aqui. Na hora que ele falou isso, eu pensei, pronto, estou com câncer. Então, ele [médico] falou: pai, é gêmeos. Depois falou de novo, espera que tem uma coisa errada aqui, é trigêmeos”, explicou a mãe.

 

Divulgação
Maria de Souza no final da gestação (foto: arquivo pessoal)

 

Segundo a médica Cynthia Campos Pereira Lopes, que fez a cesárea, uma gravidez de trigêmeos é rara. “A proporção é de um para cada cem mil nascimentos. Aqui em São Carlos, acho que é o segundo caso que vejo desde que eu estou aqui”, disse.

O pai, Manoel Santana Braz Pereira, está desempregado e já começou a fazer as contas para conseguir sustentar as três novas integrantes da família. “Vai ser um pouco duro, mas a gente consegue. Com perseverança e coragem para trabalhar a gente consegue tudo o que a gente quer. Para o começo, já são quase 500 fraldas por mês; leite são 120 litros”, disse.

Maria de Souza sofreu com as críticas e o julgamento das pessoas que ficavam sabendo da gravidez, mas a fé em Deus não a abalou. “Bastante gente não sabe o que ocorreu e critica dizendo que estou me enchendo de filho. Não é assim, ninguém sabe o que Deus tem para você. Eu tinha planejado um, mas ele me deu três, quer dizer que vou ficar com um e desprezar os outros? Não posso. É complicado? É. Vai ser difícil? Vai. Mexe com o corpo e o psicológico da gente, mas seja o que Deus quiser”, desabafou a mãe.

Ajuda

Por conta das dificuldades financeiras, a família disse que toda ajuda é bem-vinda. Quem quiser colaborar de alguma forma pode entrar em contato com o pai ou levar a doação diretamente a família na Rua Vereador Lídio Migliati (antiga rua 5), número 82, no Conjunto Residencial Eduardo Abdelnur. Telefone: 997892311

Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ACidade ON. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. ACidade ON poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."

Cadastrados

Nome (obrigatório)
Email (obrigatório)
Comentário (obrigatório)
0 comentários