Aguarde...

cotidiano

MPT destina R$ 400 mil para compra de EPIs para os profissionais da saúde

Medida tem como objetivo proteger os trabalhadores que estão no front de combate ao coronavírus

| ACidadeON/Araraquara

MPT destina verba para compra de EPIs para os profissionais de saúde de Araraquara (Foto: Divulgação)
 
O Ministério Público do Trabalho (MPT) destinou R$ 400 mil em indenizações trabalhistas para a aquisição de equipamentos de proteção individual (EPIs) para profissionais da rede pública de saúde de Araraquara, com o objetivo de protegê-los do contágio do novo coronavírus.

Os valores serão utilizados para comprar 800 caixas de máscaras cirúrgicas, 850 máscaras de proteção N95, 700 óculos de proteção, 1500 aventais descartáveis, 7500 caixas de luvas para procedimentos e 140 galões de 5 litros de álcool gel, totalizando um investimento de R$ 400 mil.

A iniciativa da destinação foi dos procuradores Lia Magnoler e Rafael de Araújo Gomes, do MPT em Araraquara. A Justiça do Trabalho homologou o pedido do MPT, de forma que o Município deve receber os materiais nos próximos dias.

O montante veio de três processos judiciais em que houve conciliação entre o Ministério Público e as empresas. A distribuição dos EPIs ficará por conta da Secretaria Municipal de Saúde, através de seu Comitê de Enfrentamento do Coronavírus em Araraquara.

Até essa segunda-feira (23), Araraquara investigava 20 casos suspeitos de coronavírus, com 6 pessoas internadas em estado estável. O Município também investiga se o vírus foi responsável pela morte de um homem de 72 anos na cidade. Contudo, segundo previsões do Ministério da Saúde, os próximos dias serão decisivos para o aparecimento de novos casos, por isso, a ordem é evitar aglomerações, ficar em casa na medida do possível e aumentar as práticas de higiene, como lavar as mãos.

Mais do ACidade ON