Aguarde...

cotidiano

Plantão psicológico realizou mais de 700 atendimentos em quatro meses

Criado por conta da pandemia, serviço já atendeu em quatro meses mais de 750 pessoas em Araraquara

| ACidadeON/Araraquara

Atendimento também pode ser feito pelo aplicativo Bela (Imagem ilustrativa)
Há cerca de quatro meses Araraquara criou dois serviços de plantão psicológico, para atender a população em geral e os servidores municipais durante o período da pandemia da covid-19. O plantão psicológico da Gerência de Saúde Mental da Secretaria Municipal de Saúde atende a população pelo telefone 3305.5609, desde o início da pandemia, de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h, e das 13h às 18h, com dois profissionais em cada período.

O atendimento também é feito pelo aplicativo Bela, no número de WhatsApp (11) 95474-2762, lançado posteriormente pela Prefeitura, em parceria com a empresa de consultoria EloGroup e Instituto Votorantim. Essa plataforma virtual também pode ser acessada no portal da Prefeitura (www.araraquara.sp.gov.br).

Segundo a gerente de Saúde Mental, Gislaine de Cássia de Oliveira Martins, a pessoa recebe esclarecimentos e apoio psicológico. O atendimento pode ser estendido através de vídeo-chamada ou de forma presencial caso o psicólogo de plantão constate a real necessidade, numa das quatro unidades de Saúde Mental do município.

No período de março a 27 de julho, em que foram feitos 229 atendimentos à população, os psicólogos do plantão têm constatado que a pandemia aumentou a ansiedade e a depressão nas pessoas.

"Essa nova e desconhecida doença tem provocado preocupações, principalmente em idosos, que, com a necessidade do isolamento social e o distanciamento dos familiares, estão impedidos de ir ao supermercado, se encontrar com amigos ou praticar atividades físicas externas", explica Gislaine Martins.

ORIENTAÇÕES
Outra situação provocada pelo isolamento enfrentada pela população em geral são os conflitos familiares em casa, entre marido, mulher e filhos, onde se misturam serviços de home office e aulas virtuais.

"O que nós procuramos orientar é que essa situação provocada pela Covid-19 é geral em todo o mundo e pode também servir de reflexão para que sejam revistos comportamentos anteriores e o que será possível fazer de bom de agora em diante", acrescenta Gislaine.

A equipe de psicólogos da Gerência de Saúde Mental atua também com pessoas que contraíram a Covid-19 e seus familiares, e com quem perdeu alguém com a doença. "Há uma preocupação generalizada das pessoas que foram positivadas. E a ansiedade atinge ainda aquelas que sabem dos riscos da contaminação e, por isso, se preocupam com as que saem às ruas como se nada estivesse acontecendo", acrescenta.

Ainda de acordo com Gislaine de Cássia de Oliveira Martins, é muito importante para as pessoas ficarem em casa, de preferência, se ocupando com coisas prazerosas, sem estar muito presas ao noticiário ruim. E quando for preciso sair de casa use máscaras e mantenham a distância de outras pessoas, para evitar os riscos de contaminação.

OUTROS ATENDIMENTOS 
Em relação aos outros serviços de acompanhamento prestados pela Gerência de Saúde Mental, Gislaine explica que os atendimentos psicológicos também são feitos por telefone ou virtual, a partir da formação de grupos de WhatsApp.

Se for o caso, esses atendimentos também podem ser feitos de forma presencial, com visitas domiciliares.

SERVIDORES
Também para os servidores municipais, a Prefeitura criou na pandemia o plantão psicológico por telefone. O serviço atende de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h, pelos números 3301.9034, 99718.3294, 33019004 e 3301.9019, com profissionais do Sesmt - Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho.

Nos últimos quatro meses, este serviço registrou 512 atendimentos a servidores da cidade relativos à Covid-19.

"Esta ferramenta foi desenvolvida para o servidor municipal de Araraquara, dando ainda mais oportunidades para a resolução de seus problemas na eficiência da prestação de serviço", afirma Flávia Dótoli, gerente de Administração e Gestão de Pessoas da Prefeitura.

Mais do ACidade ON