Aguarde...

cotidiano

Promotoria apura fechamento de supermercados em meio ao lockdown

Moradores têm dificuldades com delivery e estabelecimentos estão recusando pedidos

| ACidadeON/Araraquara


Todos os supermercados de Araraquara fecharam durante o lockdown total  (Foto: Amanda Rocha)
 
A Promotoria da Saúde Pública de Araraquara instaurou procedimento na quarta-feira (24) para apurar o fechamento de supermercados na cidade. Com o lockdown total em vigor até sábado (27), moradores têm dificuldades com delivery e os supermercados estão recusando pedidos. Em nota, a prefeitura informou que o isolamento efetivo é a única saída apontada pela ciência para a superar o momento. 

LEIA MAIS: VEJA ONDE COMPRAR DELIVERY DURANTE O LOCKDOWN

A promotoria recebeu representação em razão da prorrogação do atendimento dos estabelecimentos e congêneres (televendas, e-commecce, com serviço de entrega) e solicitou informações com urgência ao Sindicato do Comércio Varejista (Sincomercio) e à Associação Comercial e Industrial de Araraquara (ACIA).

O órgão apura se os comércios têm estrutura para atender à demanda dos consumidores, já que há uma parte expressiva da população que é vulnerável e não tem acesso a este tipo de serviço, como pessoas de baixa renda e idosos. 

LEIA MAIS: Sistema de delivery em Araraquara não atende demanda do lockdown

Os supermercados alegam que a demanda aumentou até dez vezes em alguns casos e os estabelecimentos não estavam preparados para atender o grande volume, ainda mais tendo que trabalhar com número reduzido de funcionários. 

"A dificuldade é enorme porque os supermercados não foram feitos para vender pela internet", afirma o presidente do Sincomércio Araraquara, Antonio Deliza. "A venda pela internet é um plus, porque trata de uma loja presencial, todo ele é montado para atendimento presencial", completa.

A Associação Paulista de Supermercados (APAS) emitiu um comunicado no qual se posiciona contrária ao fechamento dos supermercados em Araraquara. Segundo a entidade, fechar serviços essenciais fere os direitos fundamentais do cidadão.

CRISE NA SAÚDE 
Araraquara enfrenta uma crise hospitalar em função do aumento de casos de Covid-19 que, segundo a Secretaria Municipal da Saúde, pode ter relação com a variante brasileira do novo coronavírus identificada em 29 pacientes da cidade. A cidade confirmou nesta quinta-feira (25) mais 156 casos da doença e soma 13.978 registros de infecções com 185 mortes. Os óbitos registrados em janeiro e fevereiro, 93, superam todo o ano de 2020 com 92 mortes.


Mais notícias



Mais notícias do ACidade ON