Aguarde...

cotidiano

Governo de SP notifica Araraquara por permitir cultos e missas

Documento assinado por secretário de Desenvolvimento Regional alerta sobre descumprimento do Plano SP

| ACidadeON/Araraquara

Após permitir reabertura, igrejas devem fechar novamente neste domingo (11), às 12 horas (Foto: Amanda Rocha)
* ATUALIZAÇÃO 11/04 às 11h44 para incluir posicionamento da Prefeitura de Araraquara sobre a possibilidade de atendimento presencial em templos religiosos.

O Governo de São Paulo, através da secretaria de Desenvolvimento Regional, notificou a Prefeitura de Araraquara pelo descumprimento do Plano São Paulo ao autorizar missas e cultos religiosos presenciais na cidade até terça-feira (13).

No último sábado (10) em decreto municipal prorrogando as restrições da quarentena, a Prefeitura permitiu, com regras sanitárias e de distanciamento, a realização de atividades religiosas na cidade, contrariando o plano paulista, que não autoriza tal funcionamento. 

Diante disso, o representante do Governo de São Paulo solicita que o município cumpra o que está previsto no decreto estadual. O documento afirma ainda que tomou conhecimento da liberação pela imprensa. 

LEIA TAMBÉM 

Araraquara libera eventos religiosos e segue restrições até terça-feira (13)

Por meio de nota, a Prefeitura afirma que interpretou que a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) em relação às atividades vinculadas às celebrações religiosas, proferida na última semana, estabelecia autonomia à Prefeitura para adequar a realidade local epidemiológica às atividades religiosas. 

"Diante do longo isolamento vivenciado por Araraquara, desde o mês de fevereiro, aos números positivos alcançados, as autoridades sanitárias entenderam que uma flexibilização seria possível, sem colocar em risco os avanços alcançados. Os templos e igrejas, poderiam - de forma restritiva e com medidas de segurança - realizar suas celebrações nesse final de semana, até que o novo decreto municipal, bem como o estadual fossem publicamos na próxima semana, quando regras mais duradouras serão estabelecidas", diz o documento.  

Ainda de acordo com a administração municipal, devido a interpretação diversa da municipal proferida pelo Estado, a prefeitura de Araraquara, com o intuito de não abrir contradições e trabalhar para unir forças no combate à pandemia, entendeu por bem alterar seu regramento, seguindo as normas do Plano São Paulo.




Mais notícias



Mais notícias do ACidade ON