Aguarde...

cotidiano

Coxinhas Douradas de Bueno é interditada por casos de covid-19

Segundo a Prefeitura, restaurante fica fechado para sanitização e funcionários positivados devem cumprir quarentena

| ACidadeON/Araraquara

Interdição das Coxinhas de Bueno de Andrada por causa da covid-19 (Foto: Reprodução)
 
*matéria editada às 13h30 para acrescentar nota oficial da empresa  

O restaurante Coxinhas Douradas, no Distrito de Bueno de Andrada, em Araraquara, foi interditado, na última quinta-feira (30), após dois funcionários testarem positivo para covid-19. A filial, no Centro, segue funcionando normalmente. 

Segundo a Prefeitura, o local ficará interditado por sete dias, até que procedimentos sanitários sejam realizados e os funcionários cumpram quarentena obrigatória. "Nestes casos fica interrompido o acesso presencial às dependências interditadas do local", diz o decreto. A Prefeitura acrescenta que os funcionários positivados foram pegos em barreira sanitária.

A medida segue a legislação em vigor prevista no decreto municipal nº 12.554, do dia 18 de abril. "Os responsáveis legais pelos estabelecimentos assumirão corresponsabilidade no cumprimento da quarentena imposta após a investigação, a fim de prevenir a disseminação do vírus", diz o decreto.

Em Bueno funcionam o restaurante e a fábrica de produção das coxinhas. A fábrica segue em funcionamento, porque no local não teve positivados. 
 
OUTRO LADO 
A empresa explica que por iniciativa própria direcionou os funcionários a barreira sanitária que se encontrava em Bueno de Andrada para teste rápido de covid-19. 

"Como foram constatados dois resultados positivos a Vigilância Sanitária compareceu ao estabelecimento para testagem de todos os funcionários. A empresa prontamente organizou toda a documentação e mobilizou todos os funcionários para que fossem testados de forma organizada e a cumprir o que estava sendo demandado", explica. 
 
"Ressaltamos que todos os protocolos de conduta foram adotados pela empresa desde o inicio da pandemia, documentos estes que inclusive foram protocolados junto a Vigilância Sanitária e Sindicato da classe.
Diariamente realizamos monitoramento individual de sintomas e aferição de temperatura. Os dois casos positivos os funcionários estavam assintomáticos. A empresa já tomou todas as medidas cabíveis, inclusive nesta sexta-feira já foi realizada a sanitização da empresa por ozônio", acrescenta a empresa através de nota. 

Os funcionários estão afastados e cumprindo a quarentena. Após cinco dias todos os funcionários que tiveram contato com os positivados serão testados novamente. 

"A empresa sempre se manteve atenta a todos os protocolos em respeito aos nossos funcionários e aos nossos clientes", finaliza.


Mais notícias



Mais notícias do ACidade ON