Aguarde...

cotidiano

Araraquara define novas regras para enfrentamento da pandemia

Decreto municipal será publicado no Diário Oficial e terão validade a partir desta quinta-feira (15)

| ACidadeON/Araraquara

 
Setores de comércio e serviços terão funcionamento conforme o plano SP (Foto: Amanda Rocha)
 

Araraquara define novas regras para enfrentamento da pandemia da covid-19. O anúncio foi feito pelo prefeito Edinho Silva (PT), nesta quarta-feira (14). 

Segundo Silva, a cidade basicamente passa a seguir o plano São Paulo, com maior flexibilidade no funcionamento dos setores de comércio e serviços, das 5 às 23 horas. 

O prefeito de Araraquara diz ainda que o transporte público retorna o atendimento no horário normal, porém, com ocupação dos ônibus em 60% para evitar aglomerações. 

CLIQUE E ACESSE A ÍNTEGRA DO DECRETO MUNICIPAL

Outro ponto ressaltado pelo prefeito é que a cidade projeta permitir a reabertura de outros setores a partir do mês de agosto como, por exemplo, os parques públicos. 

"Estaremos a partir de agosto também acolhendo os nossos das escolinhas de esportes e oficinas culturais, com as atividades dos nossos parques em funcionamento. As praças também voltarão funcionar a partir de agora com atividades. Vamos retomando as atividades com muita responsabilidade, muita cautela", explica.  

Apesar da flexibilização nas regras de enfrentamento à doença, Edinho Silva ressalta que é preciso seguir tomando os cuidados com higienização e uso de máscara para evitar contato com a covid-19.

Por fim, Edinho Silva afirma que apesar do avanço na vacinação - na conta da Prefeitura 65% da população adulta já tomou ao menos uma dose do imunizante -, as pessoas não podem se descuidar. 

"Pedir para você que continue tomando todas as medidas de prevenção à contaminação. Para que vocês entendam, uma pessoa com a primeira dose é vacinada, isso significa que ela diminui o risco da doença evoluir. Uma pessoa com duas doses é imunizada. Significa um risco menor, mas não significa que ela não terá contato com o vírus", alerta. 

"Se não tomar os cuidados necessários, evitar aglomeração, estiver próximo das pessoas sem máscara, mesmo imunizada ela terá contato com o vírus, com risco menor de adoecer. Mesmo imunizado, continue tomando os cuidados necessários", completa.  

CONFIRA COMO FICA O FUNCIONAMENTO NA CIDADE: 

O setor de comércio e serviços pode atender presencialmente clientes e consumidores das 5 às 23 horas, observadas regras específicas no decreto municipal.  

Estão inclusos nessa regra comércio e serviços em geral, como galerias, shoppings e salões de beleza. No caso dos salões e barbearias podem atender mediante agendamento, sem permanência de clientes em espera e distanciamento de 1,5m.

Já os escritórios também seguem com atendimento mediante agendamento, sem a permanência dos clientes em espera e respeitado o distanciamento de 1,5m entre as pessoas no estabelecimento. 

No caso de supermercados, hipermercados, açougues, padarias, feiras livres, cerealistas, comércio de hortifruti e congêneres, bem como estabelecimentos de alimentação animal, possuem regras específicas de distanciamento e filas.  

Clínicas de saúde humana ou animal, profissionais liberais e estabelecimentos de higiene animal, seguem funcionando mediante agendamento e vedada a permanência de clientes ou pacientes na sala de espera. 

Atendimento ao público ou de autoatendimento em agências e correspondentes bancários, cooperativas de crédito, lotéricas ou estabelecimentos semelhantes também possuem limitação de pessoas e regras de distanciamento. 

Automotoescolas terão atendimento presencial no escritório mediante agendamento, vedada a permanência de clientes em espera, respeitado o distanciamento de 1,5m entre as pessoas, sendo permitida a realização de aulas individuais práticas, mediante agendamento anterior e sanitização completa dos veículos antes e após a realização de cada aula, vedada a utilização de ar-condicionado e observado o uso de máscaras de proteção sobre o nariz e a boca. 

Já os estabelecimentos de construção civil e canteiros de obras, também podem funcionar das 5 às 23 horas, observando o distanciamento de 1,5m entre funcionários, responsabilizando-se o estabelecimento pela não ocorrência de quaisquer aglomerações. 

Postos de combustível para abastecimento a veículos particulares poderão atender presencialmente clientes e consumidores, das 5 (cinco) às 23 (vinte e três) horas, observadas regras específicas. 

BARES E RESTAURANTES
Os restaurantes, bares, lanchonetes e demais estabelecimentos que fornecem alimentos para consumo imediato poderão atender o público presencialmente para consumo no local, das 5 às 23 horas, seguindo regras específicas.

Nos locais deve ter atendimento exclusivo para consumidores sentados às mesas, com distância de no mínimo 1,5m uma da outra, ou sentado aos balcões, também respeitando o distanciamento mínimo. 

A capacidade de atendimento presencial em bares e restaurantes passa para 60% do total de consumidores do estabelecimento e segue permitido atendimento nas calçadas, desde que tenha autorização no Alvará. 

Apesar disso, é proibida a presença de clientes em pé aguardando atendimento, bem como o atendimento dos consumidores em pé nas calçadas, exceto quando for para retirada na porta. 

É exigida ainda que os consumidores maiores de dois anos usem corretamente as máscaras faciais, exceto no momento em que for consumir bebidas ou alimentos. 

Os restaurantes também seguem autorizados a oferecer os serviços "à la carte", "self service", "buffet" e rodízio, observadas as regras de um consumidor de servir por vez, organização de filas com distanciamento, bem como fornecimento de luvas descartáveis para manipulação dos talheres e utensílios de serviço.

O estabelecimento deverá instalar placas de acrílico ou vidro entre os alimentos disponíveis para consumo e os consumidores; e para o atendimento por rodízio, os garçons deverão estar equipados com máscara facial com total cobertura do nariz e da boca, "face shield" e luvas descartáveis. 

EVENTOS
No caso dos eventos, convenções ou atividades que envolvam fornecimento de alimentos ou bebidas para consumo imediato no local, inclusive as áreas de lazer, bem como os cinemas, teatros, casas de shows e demais espaços que realizem atividades culturais, poderão atender o público presencialmente, das 5 às 23 horas.

A ocupação, em poltronas ou arquibancadas, de lugares sentados alternados, exceto para pessoas de um mesmo grupo, desde que se mantenham desocupados os lugares adjacentes ao grupo. 

No caso de ocupação, em mesas, dispostas a no mínimo 1,5m uma da outra, ou em balcões, respeitada a distância mínima de 1,5m entre consumidores. Há limite de 60% da capacidade total de consumidores do estabelecimento. 

Também é exigida higienização completa do local, incluindo mesas, cadeiras e poltronas, antes do início de cada sessão ou atividade. 

É preciso o controle de entrada e saída das sessões, no que couber, com hora marcada e assentos marcados, além da exigência de que convidados maiores de dois anos utilizem corretamente máscaras faciais, com exceção em momentos de consumo de de alimentos e bebidas.

Nos eventos estão permitidos os serviços "à la carte", "self service", "buffet" e rodízio, com regras específicas para isso. 

ACADEMIAS
O novo decreto municipal também amplia o atendimento presencial em academias de esportes de todas as modalidades, centros de ginásticas, clubes esportivos e recreativos e estabelecimentos congêneres, tais como os estabelecimentos de educação complementar não regulada cujos cursos oferecidos envolvam preponderantemente atividades físicas, poderão atender ao público presencialmente das 5 às 23 horas, observadas as medidas sanitárias e de distanciamento.

O atendimento nesses estabelecimentos possui redução de capacidade total para 60% para as práticas individuais e coletivas, além de distância mínima de 1,5m (um metro e meio) entre alunos. Também deve ter higienização constante dos equipamentos e completa do estabelecimento após a finalização do atendimento presencial.  

ATIVIDADES RELIGIOSAS
A realização de atividades presenciais por entidades religiosas, inclusive cultos, poderá ser realizada das 5 às 23 horas, com a adoção de regras específicas sanitárias e de distanciamento entre as pessoas presentes.  

O distanciamento deve ser de no mínimo 1,5m, devendo todas as pessoas estarem sentadas, inclusive funcionários. Também há restrição de ocupação máxima de 60% da capacidade total das pessoas sentadas.

O uso de máscara facial também é obrigatório para todos os maiores de dois anos, com cobertura total do nariz e da boca durante todo o tempo em que durar a atividade religiosa, inclusive quando do uso de microfones, exceto o presidente da celebração.

TRANSPORTE PÚBLICO
Os serviços de transporte coletivo público, no âmbito do Município, serão prestados observada a ocupação máxima de 60% da capacidade interna dos veículos visando evitar aglomerações. O horário dos coletivos retorna ao normal.

AGLOMERAÇÃO
Outras duas alterações importantes no decreto municipal é em relação a aglomeração de pessoas. Segue proibida a realização de toda e qualquer atividade coletiva de recreação, entretenimento ou festividade que resulte em aglomeração de pessoas com mais de 20 pessoas. Também não há mais previsão do toque de recolher.

PRAÇAS MUNICIPAIS
Em relação às praças municipais fica permitido o acesso com a obrigação da manutenção do distanciamento de 1,5m entre as pessoas e uso de máscara com cobertura total do nariz e da boca aos maiores de dois anos.  

REABERTURA DE PARQUES
A Prefeitura prevê a reabertura dos parques públicos municipais a partir do dia 1º de agosto, além da retomada das atividades presenciais das Oficinas Culturais e Escolinhas de Esporte, mediante a adoção de protocolo específico.



Mais notícias



Mais notícias do ACidade ON