Aguarde...

ACidadeON Araraquara

Araraquara
mín. 20ºC máx. 36ºC

cotidiano

Merendeiras acusadas de furtarem alimentos do Caic aguardam audiência custódia

As três suspeitas estão na cadeia de São Carlos e podem responder pelos crimes peculato e associação criminosas

| ACidadeON/Araraquara

Alimentos estavam dentro do carro da merendeira (Foto: Milton Filho)
As três merendeiras suspeitas de furtarem alimentos do Centro de Atenção Integral à Criança (CAIC) Rubens Cruz, no Selmi Dei, Zona Norte de Araraquara, irão passar pela audiência de custódia na tarde desta quinta-feira (12).

As servidoras públicas de 35, 57 e 60 anos foram detidas na última quarta-feira (11) pelos crimes de peculato e associação criminosa. Elas foram flagradas por câmeras de monitoramento furtando alimentos da dispensa da escola. Arroz, feijão, cereal, óleo, leite, carnes foram alguns dos itens levados. 

A merendeira de 60 anos, inclusive, foi encontrada pela Guarda Municipal, transportando os alimentos em seu veículo, um Volkswagen/Fox. Ela teria chegado na escola bem cedo, como de costume e, com a ajuda de outras duas merendeiras, colocado os alimentos no carro. Quando abordada ela foi questionada e teria confessado que levava a merenda do Caic. 

Merendeira é detida furtando alimentos do Caic do Selmi Dei (Fotos: Milton Filho)
A mulher foi encaminhada ao 3º Distrito Policial de Araraquara, onde foi ouvida pelo delegado Antônio Carlos da Silva. Também foram interrogadas as outras duas servidoras - de 57 e 35 anos - que teriam auxiliado no embalo e carregamento dos alimentos.

Os policiais realizaram buscas na casa das suspeitas, onde encontraram alimentos de propriedade do município. Com isso, o delegado ratificou a voz de prisão e elas foram encaminhadas a cadeia de São Carlos.

Na tarde desta quinta-feira (12), as três mulheres retornam a Araraquara para passarem por audiência de custódia, no Fórum.  

 
Entenda
As servidoras vinham sendo monitoradas há 20 dias pelo serviço de inteligência da Guarda Municipal, por meio das câmeras de videomonitoramento.

Neste período foi possível verificar que logo que a cozinha da escola era abastecida pela Prefeitura, os furtos aconteciam. 

"Após denúncias começamos o monitoramento da servidora através do nosso serviço de inteligência. Ela foi detida em flagrante, com os alimentos dentro do seu veículo. Agora, o caso será investigado pela polícia", diz o coronel João Alberto Nogueira Junior, secretário municipal de Segurança Pública.

Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ACidade ON. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. ACidade ON poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."

Facebook

Mais do ACidade ON