'Queda de árvore foi uma fatalidade', diz gerente do Daae

Figueira havia sido descupinizada há dois meses e era saudável

    • ACidadeON/Araraquara
    • Tom Oliveira
Da reportagem
Figueira caiu na Praça do São Geraldo, em Araraquara (Foto: Amanda Rocha)


A queda da figueira, na Praça do São Geraldo, em Araraquara, foi uma fatalidade. Segundo Fabio Eduardo Scalize, gerente de limpeza urbana e resíduos da Daae (Departamento Autônomo de Água e Esgoto), a árvore tinha passado por manutenção recentemente e suas questões fitossanitárias indicavam uma árvore saudável.

Ele explica que há dois meses houve a descupinização e a poda de dois 'braços' grandes da figueira. Nesta sexta-feira (10), algumas ligações telefônicas indicavam que outro galho precisava de poda.

"O braço estava bem danificado e por isso, houve a decisão de podá-lo, mas em nenhum momento havia o risco de queda, pois era uma árvore saudável. Foi uma fatalidade", reforça Scalize.

A árvore da Praça é centenária e, segundo, Scalize, a vida útil de uma árvore em meio urbano é reduzida por várias questões, como a temperatura, por exemplo.

"O que aconteceu aqui foi uma fatalidade. O acidente atingiu um caminhão de uma empresa terceirizada e também parte de uma residência, mas ninguém ficou ferido".

Agora, equipes de segurança analisam o local para verificar se há mais riscos. "Todas as árvores da praça devem passar por uma análise", reforça o gerente.

Entenda
A árvore na Praça do São Geraldo tinha um de seus galhos cortados quando caiu em cima de um caminhão e de uma casa. Apesar da gravidade, não houve feridos.

LEIA MAIS

Árvore que estava sendo cortada cai em cima de caminhão


2 Comentário(s)

Comentário

adão roberto dameto

Publicado:

BOA NOITE. ARVORE ESTA QUE FOI PLANTADA PELO MEU SOGRO, JA FALECIDO A MAIS DE 100 ANOS, JUNTO A MAIS 3 QUE JA CAIRAM TBM.. SR, JOSÉ MANOEL GONÇALVES QUE MORAVA NA RUA 6 ESQUINA COM A AV. MONTEIRO LOBATO

Comentário

Deizy

Publicado:

É necessária a manutenção, porém penso que todo ser vivo um dia fica doente, um dia morre. A Lei do Meio Ambiente é super rígida, porém no meu pouco entendimento, deve se levar em conta o limite e a exceção. De repente, se uma árvore está perigosa, por que não substitui-la ao invés de correr o risco de cair em cima de alguém? Vimos muito isso acontecer em S.Paulo e por conta que muitas pessoas aderem a uma causa, sem observar os prós e os contras....ah ...não pode cortar a arvore, oras, se está ruim, pode sim, põe outra no lugar. O que não pode é matar uma pessoa.