PC Oliveira fala em paciência, apoio e modelo de treino copiado da Europa

Ele assumiu a Ferroviária neste Paulistão

    • ACidadeON/Araraquara
    • Da reportagem
ACidade ON - Araraquara
ulo César de Oliveira, o PC, assumiu a equipe profissional da Ferroviária. (Thiago Carvalho/Ferroviária)


Como técnico de Futsal ele tem uma carreira consolidada. É nada menos que campeão mundial e atual comandante da Seleção Brasileira. Agora, como técnico de futebol de campo é um novato. E de cara enfrentará um desafio: não deixar a Locomotiva descarrilar e passar vexame no Campeonato Paulista. Até então coordenador metodológico de treinamentos das categorias de base da Ferroviária, Paulo César de Oliveira, o PC, assumiu a equipe profissional pedindo paciência, apoio da equipe e copiando modelo de treinamento visto na Europa.

PC já estava no grupo. O araraquarense acertou em maio do ano passado o seu retorno à Ferroviária. No domingo, depois da derrota do time e a saída de Antônio Picoli ele recebeu um telefonema: assumir o time neste Paulistão. Antes de aceitar, precisou conversar e avaliar se não havia prejuízo com o futsal brasileiro. Sem agenda nesse semestre topou o desafio. “Primeiro precisamos mobilizar a cidade. E nós vamos mudar as diretrizes até deixando claro para aqueles que estão dispostos a seguir juntos”.

Para o novo treinador, o trabalho desenvolvido por seu antecessor foi bom, mas infelizmente o resultado não apareceu. Na série de mudanças propostas ele copiará um modelo trazido da Europa. Mais precisamente do futsal do Barcelona. “A gente espera fazer um rodízio de treinadores na beira do campo para dar atenção a todos os atletas profissionais”, diz PC lembrando que a medida tem como objetivo acolher os atletas e extrair o máximo de cada um.

Ainda incógnita no futebol, PC sabe que enfrentará certo preconceito. “As pessoas podem pensar de duas formas: que eu não tenho nada a perder e sim a Ferroviária porque tenho minha carreira consolidada como treinador de futsal. Ambos resolvemos correr esse risco pensando no Clube e na cidade. Não estou aqui para perder e sim para vencer e ajudar a instituição e Araraquara”.

Ele entende que se trata de uma oportunidade pessoal, mas ressalta: o interesse é coletivo. “É importante que o torcedor esteja junto com esse novo projeto e evite julgamento precipitado. Que ele guarde isso (dúvidas diante da Ferroviária e do seu trabalho) para depois”. A Ferroviária joga hoje contra o Audax, às 21h30, na Arena da Fonte. PC assistirá da cabine. Ele só assume na partida contra o Santos do técnico araraquarense Dorival Junior.

História

Paulo César de Oliveira é um dos treinadores com mais títulos no futsal brasileiro. Ele começou sua carreira como jogador de futebol de campo na Ferroviária, em 1977. Defendeu a cor grená até 1979, quando foi para o Guarani. Em 1985 migrou para o futsal e, em 1994, virou técnico na modalidade, quando começou a fazer história no esporte. Em 2005, assumiu a seleção e foi campeão da Copa do Mundo de 2008. Tem 155 jogos pelo Brasil com incríveis 149 vitórias e apenas uma derrota.

ACidade ON - Araraquara
Na primeira entrevista, novo técnico pediu paciência e adiantou mudanças. (Thiago Carvalho/Ferroviária)


 


0 Comentário(s)

Seja o primeiro a comentar.