Aguarde...

esportes

Reencontro de Guerreiras e Corinthians terá portões fechados

Jogo está marcado para segunda-feira (16), às 20h30, na Fazendinha; alteração ocorre por causa do coronavírus

| ACidadeON/Araraquara

Jogo entre Guerreiras e Timão será com portões fechados no Parque São Jorge (Foto: Twitter/Corinthians)
O reencontro das Guerreiras Grenás com o Corinthians, pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro Feminino será com portões fechados. A decisão é do Timão, mandante do confronto, atendendo orientação da Confederação Brasileira de Futebol (CBF). O duelo será na segunda-feira (16), às 20h30, no Parque São Jorge, na capital paulista. 

Ambas as equipes fizeram a final do Brasileiro em 2019, quando a Locomotiva Grená levou a melhor e ficou com o título. Agora, Timão e Guerreiras chegam ao confronto em momentos distintos. Enquanto a Ferroviária é líder, com quatro vitórias em quatro jogos, além de ter o melhor ataque do nacional, o Corinthians vem de derrota para o São Paulo e a quebra de uma sequência histórica de 48 jogos sem perder. 



Confira a nota oficial emitida pelo Corinthians:

Dadas as recentes recomendações do Ministério da Saúde e da Secretaria de Vigilância Sanitária (SVS), bem como o definido pela administração do Sport Club Corinthians Paulista, as atividades da equipe sub-17 do futebol feminino ficarão suspensas por, ao menos, uma semana.

Todas as atletas receberam recomendações de higiene pessoal e boas práticas, e contarão com monitoramento frequente do Corinthians, em contato direto com o departamento médico da modalidade.

As atletas da equipe adulta também seguem em estrita observação, tendo em vista que, até segunda ordem, seguirão disputando o Campeonato Brasileiro Feminino A1. O acompanhamento se estende à comissão técnica e staff que trabalha junto ao elenco.

Vale lembrar que a partida diante da Ferroviária, que será disputada nesta segunda-feira (16), às 20h30, na Fazendinha, terá portões fechados. O Corinthians convida os torcedores a acompanharem o jogo pela Corinthians TV Play e pede para que não venham, sob nenhuma justificativa, ao estádio.
 

Guerreiras foram campeãs em 2019 no Parque São Jorge (Foto: Divulgação/Jonatan Dutra/AFE)

Mais do ACidade ON