Aguarde...

esportes

Guerreiras ficam apenas no empate, mas técnica acredita na recuperação

Tatiele Silveira diz que equipe deixou a desejar na intensidade durante a partida contra o Iranduba-AM, mas confia e acredita na qualidade do grupo

| ACidadeON/Araraquara

Guerreiras Grenás buscam segunda vitória no pós-paralisação (Foto: Divulgação)
As Guerreiras Grenás empataram no último domingo (27) pelo Campeonato Brasileiro de Futebol Feminino. O time empatou em 1 a 1 com o Iranduba-AM, que está na zona de rebaixamento do campeonato.  

Para a técnica Tatiele Silveira, a equipe grená deixou a desejar no quesito intensidade. Ela destaca que o Iranduba é uma equipe forte e que passou por reformulação. "Mas vejo que a nossa equipe deixou a desejar na intensidade e vamos buscar esse equilíbrio novamente. Sabíamos da intensidade da jogadora da frente, não conseguimos manter nosso nível de qualidade e não tivemos a manutenção do nosso alto rendimento", afirma.  

RESUMO DO JOGO
A partida começou equilibrada, com a Ferroviária tendo mais posse de bola e permanecendo no campo de ataque. A primeira oportunidade surgiu aos 15 minutos, com a atacante Nenê, que aproveitou sobra de escanteio e chutou pra fora. Aos 22, Monalisa cruzou e Ludmila cabeceou pra fora. Aos 27, a atacante Paulinha do Iranduba-AM ficou cara a cara com a goleira Luciana, que fez uma grande defesa. Aos 30, Nenê fez boa jogada, driblou a adversária e arriscou de longe, mas a bola passou tirando tinta do travessão. Aos 41, Paulinha fez boa jogada dentro da área e chutou forte para fazer o primeiro gol do Iranduba-AM. 

No segundo tempo, a técnica Tatiele Silveira fez algumas alterações no time, colocando Carol Tavares, Luana, Daiane e Chu. Aos nove minutos a Ferroviária empatou: Daiane lançou bola na área, a goleira adversária se atrapalhou e a bola sobrou para a atacante Chu, que estufou as redes e deixou tudo igual no placar. Final de jogo, Ferroviária 1 a 1 Iranduba-AM. 

CONFIANÇA
Mesmo com o empate, o time de Araraquara se mantém no G8 e conta com a confiança da técnica, que agora busca conquistar três pontos na próxima disputa do time.  

"Eu acredito muito e confio muito na qualidade do meu grupo. Tivemos algumas dificuldades, nós não conseguimos manter o nosso nível de qualidade, e não tivemos a mesma manutenção do nosso alto rendimento. Nós temos que fazer a nossa parte. Sempre os jogos em casa, nós vamos buscar as vitórias. E é isso o que vamos fazer na quinta-feira. Mais uma vez em casa, buscar esses resultados que são importantes. Agora é corrigir, refletir, trabalhar muito para que possamos buscar o resultado positivo na quinta-feira", falou. 

A próxima partida das Guerreiras será na quinta-feira (1), na Arena da Fonte, contra o Avaí Kindermann-SC, às 19 horas. Por causa da pandemia, o confronto terá portões fechados para o público.

Mais do ACidade ON