Publicidade

politica

Câmara aprova moção sobre cortes no IFSP Araraquara e UFSCar

Documento proposto pelo vereador Guilherme Bianco (PC do B) critica contingenciamento na Educação

| ACidadeON/Araraquara -

Moção foi aprovada na sessão da Câmara de Araraquara, nesta terça-feira (18) (Foto: Divulgação)
 

Uma moção de apoio e solidariedade ao Instituto Federal de São Paulo (IFSP) Campus Araraquara e da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) foi aprovada, nesta terça (18), na Câmara Municipal. 

O documento, proposto pelo vereador Guilherme Bianco (PC do B) critica o contingenciamento do orçamento previsto para as universidades públicas brasileiras, em especial as da região. 

Segundo o requerimento apresentado, o bloqueio de verbas nas federais totaliza R$ 1 bilhão e atinge diretamente as instituições e as pesquisas encabeçadas por elas. 

"No caso da Federal de São Carlos o corte foi de R$ 9 milhões, podendo paralisar mais de 700 pesquisas, sendo que dessas, 250 são sobre a pandemia e a covid-19. Lembrando, inclusive, que a UFSCar tem um hospital usado na linha de frente da Saúde", afirma. 

"No Instituto Federal de Araraquara o corte chegou a 25% do orçamento total, colocando em risco se os gestores vão conseguir pagar as contas do Campus. Tirar dinheiro da educação já é um crime em qualquer momento, ainda mais na pandemia", completa. 

O documento foi aprovado ao fim da sessão e teve a justificativa de voto favorável do presidente da Câmara, Aluísio Braz, o Boi (MDB), Thainara Faria (PT), Gerson da Farmácia (MDB) e Fabi Virgílio (PT).

Mais notícias


Publicidade