Aguarde...

Esse ano votaremos nos

Eleições

'Não tenho nem palavras para agradecer', afirma doutor Lapena

Candidato pelo Patriota foi o segundo mais votado, com 37.774 votos; coligação elegeu quatro vereadores

| ACidadeON/Araraquara

Doutor Lapena (Patriota) foi o segundo colocado nas eleições, com mais de 37 mil votos (Foto: Amanda Rocha)

"Agradeço muito, é uma gratidão imensa a todas essas pessoas que querem um modelo de gestão técnica, uma gestão empresarial na nossa cidade. E não tenho nem palavras para agradecer as mais de 37 mil pessoas que foram às urnas pra deixar o seu voto para nos apoiar".  

A fala é do candidato doutor Lapena (Patriota), que obteve 37.774 votos e ficou em segundo lugar na corrida pela Prefeitura de Araraquara. Finalizada a apuração dos votos, o prefeiturável agradeceu o apoio que recebeu e ressaltou a votação expressiva.  

"Dentro do que nós acreditamos de uma campanha limpa, sem caixa dois, sem conchavos, sem união com diversos partidos políticos que depois exigem espaços dentro da Prefeitura nós fizemos o que podíamos. Nossa missão está cumprida e acreditamos em um projeto político diferente, pois o que existe e está implantado não nos satisfaz", ressalta Lapena.  

O candidato pelo Patriota também falou sobre o recorde de abstenções no município - 55.326 pessoas deixaram de votar. Na análise de Lapena o número de eleitores que não foram às urnas mostra que há uma descrença com a política.  

"Mas de qualquer maneira foi muito bonito, estou realizado, uma votação que eu sabia que eu precisava de 50 mil votos, também sabia da dificuldade de ter 50 mil votos com a estrutura que nós tínhamos. Mas, estou muito contente", finaliza.  

SAI FORTALECIDO
Na análise do cientista político e colunista do ACidade ON, Bruno Silva, a votação de Lapena surpreende e "musculatura" política ao diminuir a margem para o candidato a reeleição Edinho Silva (PT).  

"O candidato Lapena acabou surpreendendo no resultado final das eleições. Beneficiado por um cálculo de voto útil do eleitor que não desejava que Edinho fosse reconduzido ao sexto andar da prefeitura, o candidato mostrou musculatura para diminuir a margem de vitória de Edinho Silva, a despeito de possuir pouco tempo de campanha e ter apenas dois partidos em sua coligação. Ademais, no Legislativo, os partidos que o apoiaram conseguiram obter inédita representação na câmara: 2 cadeiras para o PODEMOS (Carlão do Jóia e Lineu WL) e 2 cadeiras para o PATRIOTA (Marchese da Rádio e Dr. Marcos Garrido). De modo geral, apesar da derrota, sai fortalecido da disputa."

Mais do ACidade ON