Aguarde...
Encitros
+

Encitros

Notícias pelo Mundo

Boletim CitrusBR com as principais notícias do mundo do suco

| ACidade ON

Sucos no mundo 
O relatório Juice Market traz um panorama dos principais mercados de suco do mundo.  
Veja abaixo alguns dos principais destaques da publicação:  

Futuro de queda na Flórida.
A renomada consultora independente, Elizabeth Steger divulgou sua primeira estimativa para a safra 2020/2021 de laranjas da Flórida. A previsão é que o estado colha 62 milhões de caixas de 40,8kg, o que representaria uma queda de 8% em relação a safra 2019/2020.  

Variedades.
A projeção é de uma produção de 35 milhões de caixas da variedade Valencia e 27 milhões de frutas não Valências.  

Redução de frutos.
A estimativa de caixas por árvore para as variedades de meio da estação é 1,38 caixas por árvore e para as laranjas Valência é 1,17 caixas por árvore. Segundo a consultora, o número é abaixo da safra anterior, provavelmente relacionado ao ciclo de baixa produção bienal.  

Maçãs da Polônia se desenvolvem bem.
A safra 2020 de maçãs na Polônia continua se desenvolvendo com condições favoráveis. A projeção é que a produção da fruta tenha um incremento de 17%, somando 3,40 milhões de toneladas ( 74 milhões de caixas de 40,8kg equivalente).  

Limão em queda na Argentina.
O clima adverso causou impacto na safra de limão da Argentina, que se aproxima do fim. A projeção é que a produção tenha um recuo de 25%, o que deve impactar no processamento do suco no país. A projeção é que sejam processados algo em torno de 1,1 milhões de toneladas (27 milhões de caixas de 40,8kg equivalente).  

Argentina com uvas em alta.
Já na uva, Argentina colhe bons resultados. As exportações argentinas de suco de uva entre janeiro e julho deste ano atingiram 76.100 toneladas, crescimento de 8,71% em relação ao mesmo período do ano passado. Diferente do limão, as condições para a próxima safra são favoráveis o que deve elevar a colheita da fruta.  

Tarifa ameaça citrus da Espanha.
A falta de acordo comercial entre União Europeia e Reino Unido pode causar sérios impactos nas exportações de citrus da Espanha, principal fornecedor europeu. A disputa é em relação as novas regras de importações entre os blocos, o que pode resultar em um aumento de tarifas de 16% para o fruto espanhol a partir de 1º de Janeiro de 2021.

Mais do ACidade ON