ACidadeON

Esportes

Vettel reconhece vantagem da Mercedes, mas prevê evolução da Ferrari na Áustria

Fórmula 1 GP da Áustria Ferrari Sebastian Vettel

| Estadao Conteudo

O GP da Áustria da Fórmula 1 promete, mais uma vez, disputa acirrada entre Mercedes e Ferrari. Apesar do domínio recente da escuderia de Lewis Hamilton e Valtteri Bottas no circuito de Spielberg nos últimos quatro anos e da vantagem da equipe nos primeiros treinos livres, nesta sexta-feira, o alemão Sebastian Vettel acredita que pode triunfar e desbancar os atuais campeões mundiais.

Segundo colocado no Mundial de Pilotos, Vettel reconheceu o melhor desempenho da Mercedes nas atividades desta sexta. Porém, o alemão, que terminou em quarto na primeira sessão e em terceiro na segunda, garantiu que o seu carro está bom e tem condições de reverter a situação a favor da Ferrari.

"Se eu acredito que posso vencer? Claro que sim. Acho que o carro foi muito bem hoje (sexta). Geralmente costumamos evoluir de sexta para o próximo treino, então vamos ver o que podemos fazer", disse o piloto. "Acho que a Mercedes teve vantagem hoje e foram rápidos em todas as condições, mas devo dizer que foi um dia complicado", ressaltou.

Vettel disse estar contente com o desempenho dos pneus nesta sexta e projetou melhora no treino classificatório neste sábado. Ele ressaltou as dificuldades do circuito austríaco, mas acredita que pode cravar a pole position.

"Em termos de pneus, acho que completamos muitas voltas, o que foi bom, e deveremos estar bem preparados para amanhã [sábado] e também para o domingo. Sempre temos que deixar uma pequena margem na sexta-feira, então estou feliz com o que nós alcançamos hoje", destacou.

"É sempre importante fazer a pole position, aqui é muito difícil ultrapassar, mas espero que seja o caso amanhã. Acho que hoje tivemos boa velocidade, aos sábados normalmente somos um pouco mais fortes do que no primeiro dia", completou.

O GP da Áustria é a nona etapa da temporada. Até aqui, Lewis Hamilton lidera o Mundial de Pilotos com 145 pontos, seguido de perto por Sebastian Vettel, que está em segundo lugar, com 14 pontos a menos.

Os pilotos da Fórmula 1 voltam para a pista em Spielberg no sábado para a terceira sessão de treino livre, às 7 horas (de Brasília). Na sequência, às 10h, haverá o classificatório para o grid. A corrida será no domingo e a largada está prevista para as 10h10.

Veja também