15 de julho de 2024
- Publicidade -
EP Agro

Por que o leilão de arroz foi anulado?

Governo anunciou que leilão de arroz do último dia 6 foi anulado e que uma nova concorrência para a aquisição será aberta

Governo anunciou que leilão de arroz do último dia 6 foi anulado e que uma nova concorrência para a aquisição será aberta. (Foto: Reproduçãp/Freepik)

Nesta terça-feira (11), o governo comunicou que vai anular o leilão de importação de arroz, que aconteceu na última quinta-feira (6). O anúncio foi feito após uma reunião fora da agenda entre o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, os ministros da Agricultura, do Desenvolvimento Agrário e o presidente da Conab. Agora, uma nova concorrência para a aquisição será aberta.

Por que o leilão de arroz foi anulado?

O governo informou que cancelou o leilão para compra de arroz por causa de suspeitas de irregularidades e falta de capacidade técnica.

Segundo Carlos Fávaro, ministro da pasta da Agricultura, a avaliação do governo é que no conjunto de empresas fornecedoras do leilão, a maioria apresenta “fragilidades” e “não tem capacidade financeira” de operar em grande volume.

“A gente tem que conhecer a capacidade [das empresas], é dinheiro público e que tem que ser tratado com a maior responsabilidade”, disse Fávaro, afirmando que nenhum valor chegou a ser transferido.

LEIA TAMBÉM

Morador de Maria da Fé (MG) cria plataforma que auxilia olivicultores de todo o país 

Brasil é importante ator na cadeia de produção e consumo de biocombustíveis  

- Publicidade -

Além disso, ontem, o secretário de Política Agrícola do Mapa, Neri Geller, pediu demissão por causa de suspeitas de conflito de interesse. De acordo com o Estadão, o diretor de Abastecimento da Conab, Thiago dos Santos, que foi responsável pelo leilão, é uma indicação direta do secretário.

Outro conflito de interesse fica por conta da FOCO Corretora de Grãos, principal corretora do leilão, que pertence ao empresário Robson Almeida de França, ex-assessor parlamentar de Geller na Câmara e é sócio de Marcello Geller, filho do secretário.

No leilão da semana passada, a Companhia Nacional de Abastecimento arrematou 263 mil toneladas de arroz importado a fim de evitar altas nos preços por causa das inundações no Rio Grande do Sul. O estado é responsável por cerca de 70% da produção nacional.

- Publicidade -

LEIA MAIS

Qual é o tamanho do peixe-lua? Espécime gigante é encontrado nos EUA

Compartilhe:
Larissa de Morais
Formada pela Universidade São Francisco, é repórter no Tudo EP | ACidade ON, site de entretenimento da EPTV, onde também foi assistente de mídias digitais e estagiária de jornalismo. Com passagem por sites de entretenimento e jornalismo independente, tem experiência em redação de material jornalístico para editorias de diferentes segmentos de hard e soft news e em produção de conteúdo para a internet.
- Publicidade -
plugins premium WordPress