Aguarde...

O que esperar da partida entre Ferroviária e Toledo-PR

Qualquer coisa que acontecer hoje na Fonte Luminosa dificilmente servirá como parâmetro para projetar a reta final da Ferroviária na Série D

| ACidadeON/Araraquara

A Ferroviária enfrenta hoje (7) o Toledo-PR, pela décima primeira rodada da Série D (Foto: Divulgação/Jonatan Dutra/AFE).
Com apenas um ponto somado em dez jogos, tendo sofrido 29 gols e marcado apenas sete, com o segundo pior saldo de gols de toda a Série D, pode-se dizer que, na partida de hoje (7), contra o Toledo-PR, vencer é uma obrigação para a Ferroviária. No primeiro turno, quando as duas equipes se encontraram pela primeira vez, a Locomotiva atropelou o time paranaense em seus domínios, pelo placar de 6 a 2. Naquela ocasião, quem comandou interinamente a Ferroviária foi Leonardo Mendes, treinador do sub-20.  

Em relação àquele jogo, o Toledo-PR passou por mudanças. Com as chegadas do goleiro Diego, do zagueiro Guilherme Chiesa, do lateral-esquerdo Carlinhos e do atacante Robinho, a equipe se reforçou depois de viver um desmanche no início da Série D, quando o clube rompeu uma parceria que havia estabelecido com dois empresários baianos para a montagem do time e da comissão técnica tendo em vista a disputa da quarta divisão nacional. Com isso, nove jogadores, o treinador Davi Lima e seu auxiliar técnico deixaram o Toledo-PR após a derrota por 6 a 0 para o Mirassol, pela terceira rodada da Série D.

Assim, o Toledo-PR, comandado por Zé Maria, deve ir a campo com: Diego; Gabryel, Guilherme Chiesa, Henrique (Murilo Batalha) e Carlinhos; Marcos, Coutinho e Felipe Recife; PH, David e Robinho. O atacante Danilo Mariotto, que vinha sendo um dos destaques da equipe paranaense na competição, sofreu uma lesão no ligamento do joelho e não joga mais nessa temporada. Com isso, são seis alterações nos onze iniciais em comparação com a equipe titular que foi derrotada pela Ferroviária.

Do lado afeano do confronto, qualquer coisa que acontecer hoje na Fonte Luminosa dificilmente servirá como parâmetro para projetar a reta final da Ferroviária na Série D, que por enquanto está na liderança do grupo 7. Entretanto, ao mesmo tempo, caso a Locomotiva não se sobreponha contra o Toledo-PR, será motivo suficiente para que Paulo Roberto Santos se questione sobre o processo de desenvolvimento do time, independentemente se o placar final fizer com que a Ferroviária leve mais três pontos em sua bagagem.

No mais, a Ferrinha terá novidades no banco de reservas para a partida de logo mais. O zagueiro Sandoval, o volante Emerson Dias e o meia-atacante Anderson Rosa, outros três jogadores que chegaram do São Caetano, estarão à disposição de Paulo Roberto para estrear pela Ferroviária. Ao todo, já são trezes atletas que saem do Anacleto Campanella para a Fonte Luminosa. Hoje, as únicas diferenças entre a Ferroviária e o Azulão do ABC são seu respectivos escudos e uniformes. Já os jogadores e a falta de planejamento são os mesmo.

Por fim, os desfalques da Ferroviária para o jogo de hoje continuam sendo o volante Dener e os atacantes Bruno Mezenga, Hygor e Will Viana, que estão machucados. Assim, sem novidades, o time titular deve ser: Saulo; Lucas Mendes, Matheus Salustiano, Max e Bruno Recife; Nando Carandina, Dudu Vieira e Tony; Fellipe Mateus, Branquinho e Tiago Marques.

Transmissão: a partida terá transmissão da CBN Araraquara (95.7) a partir das 17h30. A bola rola às 18h.

Mais do ACidade ON