Aguarde...
Voltar

cotidiano

"Era a coisa mais linda que eu tinha", diz dono de cachorro morto pela polícia

O policial militar auxiliava um oficial de justiça quando foi atacado pelo cachorro; um outro policial atirou e matou o animal

| ACidadeON/Araraquara

Policial matou o animal que atacou o companheiro (Foto: Redes Sociais)
Um policial militar matou um cachorro após ser atacado pelo animal, na tarde da última quinta-feira (3), no bairro São José, na Zona Sul de Araraquara. O pm auxiliava um oficial de justiça, que cumpria uma ordem judicial de busca e apreensão de um veículo.  

A PM foi chamada para garantir o cumprimento da decisão, após o oficial de justiça ter dificuldades em conversar com o dono do imóvel, que fica na Rua Bernardino Arantes de Almeida.  

No momento em que os PMs estudavam uma forma de abrir o portão e retirar o carro, o cão atacou o policial. O animal mordeu uma das mãos e puxou o braço do PM para dentro da casa.  

Outro policial que atendia a ocorrência tentou afastar o animal com uma "tonfa", espécie de cassetete, que não surtiu efeito. Na sequência, o policial atirou no animal.  

"Quando falo do meu cachorro eu choro. Não tenho condições, porque ele era um filho para mim. Esse policial é um assassino. Meu cachorro estava dentro da minha casa e foi morto", diz o dono do cão, João Luiz Prates, de 61 anos.  

O aposentado explica que o cão atacou para defender a casa. "O oficial de Justiça e a polícia dizem que chamaram no portão, mas eu não ouvi. Eu só percebei que a polícia estava em casa quando eu ouvi o tiro".  

"Estou muito triste, o cachorro era a coisa mais linda que eu tinha", reforça. O cão era da raça pitbull e tinha sete anos.

O policial mordido foi socorrido para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Central com ferimentos nas mãos.  

As polícias Civil e Militar instauraram inquérito para investigar o caso e a ação dos policiais. "Um inquérito será instaurado para investigar a ação policial", reforça o tenente-coronel Adalberto José Ferreira.

O carro do aposentado objeto da busca e apreensão teria sido penhorado para pagar uma dívida. Após o ocorrido com o cão, o carro foi levado. 


Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ACidade ON. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. ACidade ON poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."

Facebook

Mais do ACidade ON