Aguarde...

cotidiano

As memórias guardadas no antigo Tropical Shopping

O local foi inaugurado no final da década de 80 e era o ponto de encontro de jovens e adultos aos finais de semana

| ACidadeON/Araraquara

Ao fechar os olhos todo araraquarense tem um lugar que mora no coração. Um lugar que faz parte da história da cidade e individual de cada um. Pensando nisso, para matar a saudade o portal ACidadeON inicia a série ON Memória, onde reportagens irão resgatar locais que ajudaram a fazer a história da cidade e estão na memória dos araraquarenses.  

É só ouvir a palavra Tropical que um filme passa pela mente de muitas pessoas. Afinal foi o primeiro shopping de Araraquara e nele ainda há lembranças de um tempo que deixou saudades, que tinha cheiro, sorrisos e um som diferenciado. 

Difícil encontrar um araraquarense, com pouco mais de 20 anos, que nunca tenha dado uma voltinha pelo Tropical e sentado em um de seus bancos para ouvir a queda dágua ou observar as carpas que nadavam no lago que cortava a praça de alimentação. Difícil imaginar uma criança que nunca tenha corrido pelas rampas ou uma adolescente que nunca tenha arriscado patinar na pista de gelo. 

Por falar em adolescentes, como esquecer as cabines de fotos, que registraram tantos momentos de alegria, os clássicos exibidos pelo Cine Arcoplex ou ainda pelos encontros no boliche.  

A pequena bailarina Lígia Pereira Penna Gonçalves tem hoje 33 anos e só traz boas lembranças do Tropical (Foto: Página - Tropical Shopping de gigante a abandonado)
LEMBRANÇAS MARAVILHOSAS
"É um lugar onde vivi momentos únicos. Meus pais são separados e meu pai me levava no Tropical todos os finais de semana. Tenho um quadro com uma foto que meu pai tirou de mim lá. Tinha futebol de sabão, patinação no gelo, boliche e foi lá que fiz minha primeira tatuagem, meu primeiro piercing e foi lá que meu marido e eu começamos a namorar, isso há 19 anos. São lembranças maravilhosas", afirma a microempresária Lígia Pereira Penna Gonçalves, de 33 anos.  

Lígia é a pequena bailarina de roupa azul e sorriso cativante que aparece em uma das fotos do antigo Tropical, bem ao lado da famosa queda dágua. Ela conta que cresceu frequentando o local e só parou no final de 2006, quando o shopping já estava praticamente vazio.  "Vou fazer 34 anos e se me perguntarem o que eu queria de volta na cidade, com toda certeza do mundo, seria o Tropical. Queria muito que meus filhos conhecessem lá. Meu mais velho fala que queria poder comprar o shopping para reformar e reabrir para ver a minha felicidade e do meu marido, pois sempre comentamos de como era aquela lugar", conta.  
Shopping Tropical foi inaugurado no final da década de 80 e tornou-se o principal centro comercial da época (Foto: Redes Sociais)
HISTÓRIA
O Tropical Shopping foi inaugurado no final da década de 1980 e, com características arquitetônicas arrojadas, tornou-se um importante centro de compras para Araraquara e região.
O local contava com diversas marcas nacionais e internacionais, praça de alimentação e espaço para apresentações. Mas, com o tempo, as lojas foram fechando e a situação de grandiosidade foi revertida até culminar com o fechamento do shopping, em 2007. O barulho e o colorido de anos atrás deram lugar ao silêncio e aos vidros quebrados.   

DESTRUIÇÃO
De lá para cá, o local foi invadido e completamente destruído. Em 2014, um princípio de incêndio atingiu o teto de uma das antigas lojas. No ano seguinte, um curto circuito provocou outro incêndio na parte externa. As chamas foram controladas pelo Corpo de Bombeiros, mas o problema não.
Uma empresa chegou a assumir a administração do espaço, mas diversos impasses burocráticos e dívidas inviabilizaram o negócio.
Com o local sendo invadido, as denúncias dos vizinhos chegaram ao Ministério Público e o Tribunal de Justiça de São Paulo exigiu a limpeza, o fechamento e o reforço na segurança daquela área.

VEJA VÍDEO 



SEM SOLUÇÃO

Mas a novela Tropical Shopping continua sem uma solução. Uma proposta de demolição chegou a ser aprovada em 2016, mas os custos eram altos. A saída encontrada foi a realização de um leilão, mas nenhum lance foi dado.
Atualmente, a limpeza e segurança do local vem sendo realizada, mas o que realmente muito moradores queriam - a volta do antigo Tropical está longe de ocorrer.

VIZINHANÇA
O empresário João Luiz Ferreira, de 59 anos, mora ao lado do antigo shopping e passeia com seu cachorro todos os dias naquele arredor. Ele afirma que o Tropical faz falta para quem mora naquela região. "Era muito bom, pois no final da tarde nós tínhamos as lojas para ir, o supermercado e isso ajudava muito. A convivência era muito boa, agora isso ficou abandonado. Só tenho boas lembranças daqui, era um lugar para se divertir no final da tarde e aos finais de semana com a família", conta.



NAS REDES
Apesar de estar com o teto comprometido e vitrines destruídas, muitos moradores ainda sonham com a volta do local e revivem suas histórias por meio de fotos. Tropical Shopping de Gigante a Abandonado e Nós Queremos o Tropical Shopping são páginas do facebook foram criadas em 2014 e Araraquara Encantadora, criada recentemente, carregam fotos repletas de muita nostalgia. 

"Essas fotos do Tropical quase foram para o lixo. Por sorte, caíram nas mãos do historiador Rogério Tampinelli, que fez a restauração das imagens e nós compartilhamos na página", afirma o representante comercial Eduardo Soranso, de 57 anos, que é responsável pela página Araraquara Encantadora.

Mais do ACidade ON