Aguarde...

cotidiano

Mortes em decorrência da covid-19 em Araraquara quase triplica

Foi essa alteração na situação da pandemia que levou a Prefeitura a endurecer as restrições de isolamento social

| ACidadeON/Araraquara

Araraquara tem recorde de mortes por covid-19 (Foto: divulgação/Pixabay)
 
A quantidade de mortes em decorrência da covid-19 em Araraquara quase triplicou neste mês de fevereiro (em 23 dias) em relação ao mês de janeiro inteiro, refletindo a circulação da nova cepa mais transmissível do coronavírus. Número de casos, média móvel, internações e infectados em isolamento domiciliar também dispararam.

Foi essa alteração na situação da pandemia que levou a Prefeitura a endurecer as restrições de isolamento social, já que a ocupação de leitos de UTI e enfermaria é de 100% em Araraquara e também opera próximo do limite em toda a região. 

SAIBA O QUE PODE FUNCIONAR NO LOCKDOWN 

Em janeiro, mês no qual já era esperado um aumento das infecções devido às festas de final de ano, Araraquara registrou 2.029 casos e 24 óbitos. Neste mês, quando a cepa de Manaus foi detectada, são 3.327 novos casos e 65 mortes, sendo seis nesta semana.

O último boletim do Comitê de Contingência do Coronavírus registrou recorde de pacientes internados com covid-19 em Araraquara: 243. São 1.376 pessoas em isolamento domiciliar por estarem infectadas com o coronavírus. Desde o início da pandemia, são 13.683 casos confirmados da doença e 181 óbitos.



Mais notícias



Mais notícias do ACidade ON