Aguarde...

ACidadeON Araraquara

Araraquara
mín. 20ºC máx. 36ºC

cotidiano

Pai é agredido por populares após tentar matar o filho e bater na esposa

Depois de passar por cuidados médicos, homem foi levado para o plantão, prestou depoimento e foi preso

| ACidadeON/Araraquara

Caso foi registrado no Plantão Policial de Araraquara (Foto: Walter Strozzi/ACidade ON)
Um soldador de 31 anos foi violentamente agredido, após sufocar o filho de quatro anos e bater na esposa, na madrugada desta segunda-feira (26), no Jardim Águas do Paiol, em Araraquara. Ao menos duas pessoas que presenciaram a violência doméstica tentaram defender a mãe e a criança. 

Segundo a vítima de 20 anos, o marido estava bastante alterado e agressivo. Para fugir das ameaças e das agressões, ela saiu de casa, deixando o filho com o pai. Neste momento, o acusado pegou a criança e passou a sufocá-la, dizendo que "iria matá-lo por não ser seu filho", consta.  

Pessoas que passavam pelo local interviram. A criança foi retirada dos braços do acusado, que passou a ser agredido a pauladas.  

Quando a Polícia Militar chegou até a casa, que fica na Rua Angelina Bresan de Souza, encontrou o homem com o rosto ensanguentado e lesões na cabeça. Ele foi socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), e liberado após receber atendimento médico. 

A mulher teve ferimentos no braço esquerdo e o garoto apresentava vermelhidão no pescoço e abdômen. 

O soldador foi encaminhado ao Plantão Policial, onde prestou depoimento e será levado para a cadeia de Santa Ernestina. Ele vai responder pelos crimes de lesão corporal e ameaça contra a esposa, e pelo crime de tentativa de homicídio contra a criança. 

Os acusados de agredirem o homem não foram localizados.

Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ACidade ON. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. ACidade ON poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."

Facebook

Mais do ACidade ON