Aguarde...

ACidadeON Araraquara

Araraquara
mín. 20ºC máx. 36ºC

Economia

Preço do tomate tem alta de 50% no último mês, em Araraquara

Em alguns supermercados, o quilo do produto chega a R$ 9; tendência é de outros aumentos

| ACidadeON/Araraquara

Preço do tomate registra alta em Araraquara
O preço do tomate está mais salgado para o consumidor. Em Araraquara, nos supermercados, teve um aumento em média 50% em relação ao mês passado, chegando a custar mais de R$ 9, o quilo. O aumento na região é maior do que o visto no restante do Estado. Segundo a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), em São Paulo, o aumento do produto foi de 30%.  

Essa alta é causada pela baixa oferta e a alta procura, explica, Daniel Mancini Knobloch, da Ceagesp de Araraquara. "Falta de mercadoria na origem. Está faltando tomate em várias regiões. É a lei da oferta e procura, e o produto vendido em Araraquara está vindo de regiões mais distantes".  

Segundo a Conab, a oferta nos dois meses ficou cerca de 20% menor por conta das mudanças climáticas. Porém, a diminuição nos outros estados não causou desabastecimento na cidade, que recebe cerca de 50 toneladas por semana.  

Para o motorista João Lopes, de 60 anos, o tomate está descartado das compras e cada vez mais difícil de substituir. "Não vou comprar porque está caro, nem tomate e nem batata", afirma.  

Outro produto que teve aumento na lista de hortifrúti é a batata. A cebola também mantém uma crescente no preço de 4%.  

A tendência é que os preços continuem aumentando em abril, como aponta o 4º Boletim Prohort, da Conab. 

A Conab salienta ainda que hortifrútis como o tomate, a batata e a cebola são as com maior representatividade na comercialização nas Ceasas e que registram maior destaque no cálculo do Índice de Inflação (Ipca).