Aguarde...

ACidadeON

Voltar

esportes

Ferroviária se reúne com grupo que deseja investir no clube

Encontro ocorreu nesta quarta-feira (6), em Araraquara, com a presença de diretores e membros do conselho

| ACidadeON/Araraquara


Torcedores estão eufóricos e preocupados com possibilidade de parceria. (Foto: Amanda Rocha/ACidadeON)

Os bastidores na Ferroviária estão pegando fogo, deixando torcedores eufóricos e outros preocupados. Isso porque veio à tona a informação de que o empresário Giuliano Bertolucci, que é um dos agentes de jogadores mais fortes do mundo do futebol, estaria encabeçando um grupo investidor, disposto a comprar 49% das ações da Ferroviária S.A, que hoje pertencem a empresa Know How.  

Nesta quarta-feira (6) mesmo dois representantes desse grupo investidor de São Paulo, o supervisor Júlio Taran e o CEO Marcelo Teixeira, estiveram em Araraquara em uma reunião com dirigentes da Ferroviária e do Conselho Administrativo do clube para apresentar o projeto de compra das ações e parceria.  

De acordo com o presidente do Conselho Administrativo do clube e ex-presidente da Ferroviária, Welson Alves Júnior, o Juninho, que esteve nessa reunião, em entrevista por telefone a uma rádio local e confirmada pela CBN Araraquara, o objetivo principal desse grupo seria investir na formação de jovens jogadores, com investimento na estrutura do clube, e dar condições para que a Ferroviária consiga em até cinco anos o acesso à série B do Campeonato Brasileiro.  

Ainda de acordo com o que foi apurado, o interesse desse grupo seria estritamente financeiro, ou seja, investir na formação de jovens atletas para que, quando negociados, lucrassem em cima da venda desses jogadores, já que os direitos econômicos desses jovens estariam presos ao clube e não a outros empresários.  

Outro ponto levantado é se, caso esse negócio seja fechado, se haverá alguma mudança em relação a diretoria ou comissão técnica. Segundo apurado, tanto o técnico Vinícius Munhoz, quanto o diretor de futebol, Roque Júnior, não serão afetados, mas um representante desse grupo de investidores, no caso o CEO Marcelo Teixeira, trabalharia junto com Roque Júnior, principalmente nas decisões envolvendo a base.  

Sobre a possibilidade de a Ferroviária mudar de nome ou de cidade, como já ocorreu em outras parcerias entre clubes e empresas, isso está completamente descartado.  

Em relação ao valor que seria investido no clube e quanto seria destinado a cada departamento, nada foi revelado. Procurada, a Ferroviária disse que não irá se pronunciar sobre o assunto. Uma nova reunião entre o grupo investidor e o clube está marcada para a próxima quarta-feira (13). 

A expectativa é que, caso aprovado, o contrato seja assinado o quanto antes, já que a intenção é que essa nova parceria já possa ajudar na montagem do elenco para o Paulistão e para a série D, ambos no ano que vem.  

Tanto elenco, como a comissão técnica da Ferroviária, irão se reapresentar para dar início a pré-temporada visando o Campeonato Paulista no próximo dia 20 de novembro.

Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ACidade ON. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. ACidade ON poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."

Facebook

Mais do ACidade ON