Publicidade

lazerecultura

Filme gravado em Monte Alegre do Sul estreia nesta quinta

Estância foi cenário da produção "Lobisomem de Pedra de Fogo", que conta com a participação de Paulo Piolli e Deo Garcez

| ACidade ON - Circuito das Águas -

Ator Deo Garcez em cena com Baiana durante as filmagens do longa em 2021 (Foto: Divulgação)
A produção "Lobisomem de Pedra de Fogo", assinada pelo diretor J. Peron, estreia nesta quinta-feira (13). O filme foi gravado em Monte Alegre do Sul, estãncia do Circuito das Águas Paulista, e conta com a atuação de artistas da região, além da participação de atores como Paulo Piolli (personagem "Êta Fuminho Bão", da Praça é Nossa", e Deo Garcez (Luiz Gama da novela "Nos tempos do Imperador", da Globo).

A mistura de suspense, comédia e romance está disponível exclusivamente no site da produtora www.zoncine.com.br, pelo valor especial de lançamento de R$ 3,80. Após a compra, o filme fica disponível por 48h.

"Com o fechamento dos cinemas e as dificuldades encontradas para disponibilizar nossa obra nas plataformas de streaming, resolvi criar a nossa própria plataforma e oferecer o filme por um preço bem acessível para todos que tiverem interesse em conhecê-lo", comenta o roteirista e diretor J. Peron.


Sobre o Filme

A história se passa em uma pequena cidade do interior chamada Pedra de Fogo. Reza a lenda que nas noites de lua cheia um lobisomem aparece para comer as galinhas de Dona Inácia (Baiana). O delegado Brandão (Déo Garcez), casado com a beata Augusta (Rita Nascimento), é o responsável pelas investigações, sempre frustradas. Ingrid (Paula Palmieri), a filha do casal, é apaixonada desde criança por Alberto (Pedro Ribeiro) que está de regresso para a cidade.

O atrapalhado prefeito Junqueira (Paulo Pioli) está interessado em construir uma represa na cidade, coisa que deixa sua mulher, Constância (Arminda Riolo) feliz, pois isso inundaria a casa da Rebeca (Ana L. Garritano), a bruxa que mora nos arredores da cidade e mãe de Alberto.

Tião Gregório (J. Peron) é um filósofo desiludido que bebe uma fórmula misteriosa e espera o último dia de lua cheia do ano escolhido para ver a profecia se cumprir e a cidade se libertar da maldição do lobisomem.

Na trama ainda participam o soldado Souza (Ciro Pires), Crysbel (Natasha Audrey), o pipoqueiro (Leonardo C. de Campos), padre Aurélio (Junior Gritti), os atendentes da rodoviária (Francesco Lolli e Lu Stopa) e, interpretando Augusta e Brandão quando jovens, os atores Hata Glau e Raoni Xavier. Confira um teaser da produção:
 


 


Processo de filmagens 

J. Peron, conhecido como um dos principais covers do cantor Raul Seixas, foi o responsável pelo roteiro do filme (Foto: Divulgação)
No início de 2021, após um insight, J. Peron, conhecido como um dos principais covers do cantor baiano Raul Seixas e de outros artistas, escreveu um roteiro, reuniu um grupo de amigos e juntos começaram uma série de reuniões para iniciar as filmagens.

Seguindo todos os protocolos de prevenção à covid-19, as gravações ocorreram em Monte Alegre do Sul em fevereiro de 2021. Porém, faltando apenas quatro cenas para finalizar o filme, as restrições por conta da pandemia foram intensificadas, impossibilitando o elenco de sair de casa.

As filmagens só puderam ser finalizadas em agosto e, no dia 21, data em que se comemora a morte de Raul Seixas, pontualmente à meia noite, foi gravada a última cena da transformação do Lobisomem no cemitério.


Mais notícias


Publicidade