Aguarde...

cotidiano

Coronavírus cresce mais em todo o estado do que na capital, e SP pode ampliar megaferiado

| FOLHAPRESS

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O megaferiado decretado no município de São Paulo que começou valer nesta quarta-feira (20) deverá ser ampliado até a próxima segunda-feira (25).O anúncio foi feito pelo governador João Doria (PSDB). Para isso, após antecipar os feriados de Corpus Christi e Dia da Consciência Negra, também será antecipado o feriado de 9 de julho.Doria afirmou que a medida já está na Assembleia Legislativa para votação e que deve ser aprovada.O secretário do desenvolvimento regional, Marco Vinholi, afirmou nesta quarta que, conforme as previsões feitas desde março, o número de novos casos de coronavírus já cresce mais rapidamente em todas as regiões do estado do que na região metropolitana de São Paulo.Segundo ele, 74% dos municípios do estado já registraram casos da Covid-19, o que inclui todos aqueles com pelo menos 15 mil habitantes. Em abril, o crescimento no interior já era quatro vezes superior ao da Grande São Paulo.Segundo Doria, a ampliação do megaferiado é mais uma medida para tentar evitar a "medida extrema" que seria o lockdown, que não está descartado caso os índices piorem ainda mais."Vamos fazer um esforço nesses seis dias, de hoje até segunda-feira, na capital, na região metropolitana, no interior e no litoral, para evitar medidas mais duras e mais restritivas", afirmou o governadorComo resposta ao megaferiado, o estado e as prefeituras de São Paulo adotaram medidas para restringir o deslocamento de pessoas para o interior e sobretudo para o litoral.Na manhã desta quarta, Santos, por exemplo, registrou congestionamento na entrada da cidade.O secretário de transportes e logísticas, João Otaviano, disse que, com as medidas de bloqueio sanitário adotadas em conjunto com diversas prefeituras do estado, o movimento nas estradas, tanto para o interior quanto para o litoral, está dentro do previsto."As rodovias não apresentam volume maior que o esperado, o que demonstra que as pessoas estão entendendo o que significa este feriado", afirmou.De acordo com a Ecovias, o congestionamento no caminho de Santos foi reflexo da triagem de veículos na entrada do município, que vem sendo realizada desde 22 de março, nos feriados.Assim como outras cidades da Baixada Santista e litoral, o município realiza uma barreira no acesso ao município para evitar a entrada de turistas durante a pandemia.Segundo a prefeitura, apenas na manhã desta quarta foram abordados 102 veículos nos bloqueios da cidade, sendo que dois tiveram que retornar aos seus municípios de origem.

Mais do ACidade ON