Publicidade

cotidiano

Morre 2º bombeiro vítima de queda de guindaste em condomínio na região

Wallace Lima Valesi tinha 33 anos e estava internado em Ribeirão Preto desde o dia do acidente, em 20 de setembro; ele deixa mulher e um filho de 3 meses

| ACidadeON/Ribeirao -

Wallace Lima Valesi estava internado no HC-UE em Ribeirão Preto (Foto: Reprodução)
 Atualizada às 6h55

O bombeiro Wallace Lima Valesi, de 33 anos, não resistiu à queda de um guindaste, no último dia 20 de setembro, e morreu na noite desta quarta-feira (13), em Ribeirão Preto. 

A vítima estava internada em estado grave no Hospital das Clínicas - Unidade de Emergência (HC-UE) e chegou a sofrer amputação em uma das pernas. O acidade ocorreu em um condomínio de Jardinópolis. 

O cabo Gustavo Roberto Ciampaglia, também vítima da queda do equipamento, morreu no local do acidente.   

Eles atuavam na poda de árvores, no residencial. Ambos estavam em folga do trabalho. 

LEIA MAIS NOTÍCIAS DE RIBEIRÃO PRETO E REGIÃO

Wallace deixa a esposa e um filho de 3 meses de idade. 

O corpo do militar chegou ao IML (Instituto Médico Legal) de Ribeirão, na madrugada desta quinta-feira (14). 

A corporação ainda não se manifestou sobre a morte de Wallace.  

Não há informações sobre o velório e sepultamento.  

Durante a internação de Wallace, a família e a corporação fizeram campanhas pedindo doação de sangue

A Polícia Civil instaurou inquérito para apurar as causas do acidente.

Acidente com guindaste ocorreu durante poda de árvores (Foto: Redes sociais)

Mais notícias


Publicidade