Aguarde...

Política

PSL anuncia candidatura de Airton Garcia para prefeito

Coligação "São Carlos Segue em Frente" traz como vice-prefeito Edson Ferraz (MDB)

| ACidadeON/São Carlos

Foto: colaboração/CBN São Carlos

O Partido Social Liberal (PSL) confirmou, na manhã deste sábado (12), a candidatura de Airton Garcia à Prefeitura de São Carlos. 

Durante a convenção, que foi realizada de forma presencial no Hotel Caiçara,  o candidato e atual prefeito de São Carlos, utilizando seu clássico boné, falou de suas prioridades.  

"O principal motivo da reeleição é continuar o trabalho que está sendo feito em São Carlos. Como a gente fala no futebol: em time que está ganhando, não se mexe" , disse. 

Airton ainda falou que as eleições deste ano se assemelham a um plebiscito. "Essa eleição é mais um plebiscito que uma eleição. Se a popuilação achar que a cidade melhor, ela vai querer que continue, se não gostou via querer mudar". 

O atual prefeito e candidato ainda reconhece que há muitos problemas a serem sanados na Capital da Tecnologia.

"Na cidade que cresce como são carlos, os problemas crescem junto. Melhorou, mas ainda tem que melhorar muito", finaliza Airton. 

O vice-prefeito de Airton Garcia para este ano será Edson Ferraz, que já comandou a pasta da Secretaria Municipal de Esportes durante a atual gestão. 

Ferraz disputa a eleição como membro do Movimento Democrático Brasileiro (MDB) que junto a outros cinco partidos, compõem a coligação "São Carlos Segue em Frente". 

Os sete partidos são os seguintes: Partido Social Liberal (PSL), Movimento Democrático Brasileiro (MDB), Progressistas, Partido Trabalhista Brasileiro (PTB), Partido Verde (PV) e Partido Republicano da Ordem Social (PROS).  

Foto: colaboração/CBN São Carlos

Airton Garcia 

Airton Garcia Ferreira tem 70 anos de idade e foi eleito deputado estadual em 2014, chegando a ser prefeito de São Carlos pela primeira vez em 2016, apesar de ser um candidato tradicional no pleito municipal. 

Além de político, Airton é empresário. Ele foi eleito vice-prefeito no governo na gestão Dagnone de Melo (1996-2000).

 



Mais do ACidade ON