22 de maio de 2024
- Publicidade -
Tudo Inovação

Biden sanciona lei que pode expulsar TikTok dos EUA

Projeto de lei exige venda do TikTok para empresa americana ou sua retirada do mercado em território americano

Tik Tok pode ser banido dos EUA (Foto: Divulgação)

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, assinou nesta quarta-feira (24) uma legislação que coloca em cheque o futuro do TikTok no país. O projeto de lei determina que a popular rede social, controlada pela empresa chinesa ByteDance, seja adquirida por uma companhia confiável dos Estados Unidos dentro de 270 dias. Caso contrário, o TikTok enfrentará a proibição de operar no mercado americano.

Sob a nova lei, a ByteDance tem um prazo de nove meses para encontrar um comprador para as operações do TikTok nos EUA, com a possibilidade de uma extensão de 90 dias. Junto com o TikTok, o bloqueio incluiu o WeChat, app chinês similar ao “WhatsApp”.

Shou Zi Chew, presidente-executivo do TikTok, afirmou em comunicado no X/Twitter que estão confiantes em reverter essa decisão e destacou os potenciais impactos negativos que a proibição acarretaria para a economia e a liberdade de expressão nos EUA.

“Esta lei inconstitucional é uma proibição do TikTok e iremos contestá-la em tribunal. Acreditamos que os fatos e a lei estão claramente do nosso lado e que acabaremos por prevalecer. O fato é que investimos milhões de dólares para manter os dados dos EUA seguros e a nossa plataforma livre de influências e manipulações externas”, diz Chew.

No comunicado, presidente-executivo do TikTok, diz que a proibição devastaria 7 milhões de empresas e silenciaria 170 milhões de americanos. “À medida que continuamos a desafiar esta proibição inconstitucional, continuaremos a investir e a inovar para garantir que o TikTok continue a ser um espaço onde os americanos de todas as esferas da vida possam vir com segurança para compartilhar as suas experiências, encontrar alegria e ser inspirados.”

LEIA TAMBÉM

Máquina do Tempo do Spotify relembra o que você mais ouviu no mês

- Publicidade -

TikTok Notes chega para concorrer com o Instagram

Embate existe desde 2020

O embate entre o TikTok e as autoridades dos Estados Unidos não é novo, e vem desde o governo Trump. Em 2020, houve tentativas de banir o aplicativo, mas medidas legais impediram sua concretização.

- Publicidade -

A discussão sobre a segurança dos dados dos mais de 170 milhões de usuários tem sido um ponto central, com a China sendo vista como uma possível ameaça à privacidade dos americanos. Por outro lado, o TikTok nega as denúncias.

- Publicidade -
plugins premium WordPress