Publicidade

Auto ON

Valente,Troller Connect conta com central multimídia moderna

A montadora de propriedade da Ford do Brasil, produz dois modelos quase iguais nos equipamentos e no acabamento

| Auto ON -

Troller TX4

Durante um evento promovido pela concessionária Trilha Campinas para apresentar o Troller Connect, aproveitamos para uma rápida avaliação do modelo. Comprada pela Ford (o objetivo da empresa norte-americana era ganhar isenção de impostos no Brasil) de um empresário cearense em 2007, o Troller é o off road mais acessível, já que original, o Jeep Wrangler, custa R$ 360 mil, ou seja, quase o dobro do modelo nacional.   


Com a saída da marca Ford do Brasil, a Troller está sendo negociada com alguns empresários que têm vontade de investir num modelo que possui centenas de admiradores. Se não for vendida, a atual dona deve encerrar as atividades em outubro deste ano. Mesmo com uma possibilidade de ter paralisadas suas atividades, o que seria lamentável, a Troller tem meses de fila de espera. Ou seja, o fim não assusta os clientes, muito pelo contrário. Hoje a montadora produz dois modelos, praticamente iguais: XLT4 e TX4.  
     

Valente Troller TX4

Depois de muitas negativas, a Troller colocou o câmbio automático no modelo 2020. E foi com ele que iniciamos nossa aventura. Para quem conheceu o carro com motor Volkswagen AP e o interior derivado da família BX, em 1995, a evolução foi surpreendente. Avaliamos todas, mas a memória nos remete ao primeiro. Quanta evolução. Hoje o Troller é um veículo todo derivado da valente picape Ford Ranger. 

Com motor Duratorq, cinco cilindros, 3,2 litros, 20 válvulas, turbodiesel, que oferece aos aventureiros 200 cavalos de potência máxima e 47,9 kgfm de torque. O motor é o que equipa os modelos mais sofisticados da picape da Ford, que é fabricada na Argentina e continuará sendo vendida no Brasil.   

A transmissão de seis marchas também vem da Ranger, mas com um mapeamento diferente e específico para o 4X4. O diferencial traseiro blocante tem acionamento elétrico, o que é muito útil. Os jipeiros tradicionais torcem o nariz, mas não têm motivo. Depois que usam, se arrependem da crítica.  

 

Valente Troller TX4

A tração 4×4 tem três modos de uso através de um botão seletor no console entre os bancos dianteiros, muito fácil de ser usada: 4X2, 4X4 e 4X4 reduzida.

No asfalto, para um carro que tem a finalidade de enfrentar grandes dificuldades em lama e terrenos acidentados, até que se comporta bem, é silencioso e confortável. Por conta dos pneus, 245/70 R17 (80% off-road e 20% on), a direção não é a coisa mais rápida do mundo e precisa de uma adaptação.  

As trocas de marchas são suaves e sem trancos. E fomos para o habitat do Troller. Por uma trilha maravilhosa e em volta da metrópole que é Campinas (impressiona a quantidade de fazendas a poucos metros da cidade) podemos ver a qualidade e a capacidade do modelo. Já havíamos avaliado o modelo na Pista de testes da Ford em Tatuí, interior de São Paulo, até em situações mais radicais, mas estávamos num agradável passeio.  

Em subidas íngremes o Troller nem fazia força. E na lama de uma chuvinha de algumas horas antes: o conjunto pneus/tração mostrou a valentia.   
 

Trilha desenvolvida pela concessionária de Campinas
Troller enfrentou com valentia todos os obstáculos
Troller TX4 Connect
O modelo vem com para-choque mais resistente, teto solar, bagageiro no teto, ar condicionado Dual zone, snorkel, faróis com acionamento automático e auxiliares led, de série, e muitas outras tecnologias.   
 
Tela de sete polegadas sensível ao toque
Mas o destaque da nova geração é a central multimídia com tela de sete polegadas sensível ao toque, com resolução 800 x 480 Multi-Touch, duas Portas USB e compatível com os sistemas Android Auto e Apple CarPlay, e as câmeras, que permitem visualizar para frente, muito útil num off road e para trás, ajudam ao estacionar.

Mais notícias


Publicidade