ACidadeON

cotidiano

Comitê de Inteligência do Senado dos EUA diz que Rússia ajudou Trump em eleição

EUA Senado Trump

| Estadao Conteudo

O Comitê de Inteligência do Senado dos Estados Unidos confirmou nesta terça-feira a avaliação de agências de inteligência americanas de que a Rússia ajudou o presidente americano, Donald Trump, a vencer a eleição presidencial de 2016. "O Comitê passou os últimos 16 meses revisando as fontes, o trabalho de propaganda e o trabalho analítico que sustentam a Avaliação da Comunidade de Inteligência e não vê razão para contestar as conclusões", disse o senador republicano Richard Burr (Carolina do Norte).

Os legisladores divulgaram um relatório nesta terça-feira, descrevendo por que escolheram apoiar a decisão das agências de inteligência americanas - que afirmaram que "[o presidente da Rússia Vladimir] Putin e o governo russo desenvolveram uma preferência clara pelo presidente eleito Trump" durante a eleição.

"O Comitê concluiu que a comunidade de inteligência dos EUA forneceu uma série de relatórios de todas as fontes para apoiar essas avaliações", disse o painel do Senado. "O Comitê concorda com a inteligência e as avaliações de código aberto de que essa campanha de influência foi aprovada pelo presidente Putin."

O relatório contradiz uma avaliação que veio dos republicanos no Comitê de Inteligência da Câmara dos Representantes dos EUA no início deste ano, que culpou a comunidade de inteligência pela interferência do Kremlin. Embora não aborde a questão do conluio, o documento reconhece e concorda com a conclusão das agências de inteligência sobre a existência de uma "clara preferência" por Trump. Fonte: Dow Jones Newswires.

Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ACidade ON. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. ACidade ON poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."

Facebook

Cadastrados

Nome (obrigatório)
Email (obrigatório)
Comentário (obrigatório)
0 comentários