Aguarde...

ACidadeON

Economia

Bolsas dos EUA zeram ganhos de 2018 sob pressão de ações de tecnologia e varejo

| FOLHAPRESS

NOVA YORK, EUA (FOLHAPRESS) - Os principais indicadores das Bolsas americanas zeraram os ganhos do ano nesta terça-feira (20), pressionados pelas quedas das ações de tecnologia e de varejo e por preocupações mais amplas sobre uma desaceleração econômica global. Às 11h20 (horário local), o índice Dow Jones recuava 1,4%, enquanto o S&P 500 tinha queda de 0,9% e a Bolsa de tecnologia Nasdaq perdia 0,8%. No ano, os dois primeiros acumulam desvalorização de, respectivamente, 0,4% e 0,3%. Já a Nasdaq sobe 0,7%. As ações de tecnologia continuam recuando nesta sessão, com destaque para a Apple, que se desvaloriza 3,02%. A empresa tem liderado os recuos dos papéis do setor, com preocupações de investidores com a desaceleração das vendas do principal produto da companhia, o iPhone. O Facebook, depois de abrir em queda, passou a subir e, às 11h20, se valorizava 1,5%. Na última semana, a empresa enfrentou nova polêmica, após o jornal The New York Times publicar reportagem questionando as táticas do Facebook para lidar com desinformação e outros problemas do site. A fraqueza inesperada do setor de tecnologia no curto prazo pode ter impacto significativo na economia global, piorando o que já é um ambiente macroeconômico conturbado, escreveu, em nota citada pela CNBC, Dario Perkins, diretor administrativo de macroeconomia global na TS Lombard. A queda no setor de tecnologia é acompanhada de uma venda de ações de varejo, depois que a Target, referência no setor, registrou ganhos menores que o esperado no trimestre anterior e diminuiu a estimativa de vendas em suas lojas. Em meio a esse cenário, investidores ponderam se a economia americana pode enfrentar desafios em 2019, como o impacto do corte de impostos e da diminuição dos gastos. No Brasil, a Bolsa brasileira não funciona nesta terça pelo feriado de Consciência Negra. No ano, o Ibovespa sobe 15%.

Veja também