Aguarde...

ACidadeON

Esportes

Conselheiros protocolam pedido por impeachment no Coritiba

| FOLHAPRESS

CURITIBA, PR (UOL/FOLHAPRESS) - O grupo de conselheiros que quer a saída de Samir Namur no Coritiba protocolou nesta segunda-feira (19) o pedido pela abertura de uma Assembleia Geral de Sócios para votar a saída ou continuidade do presidente no clube.Namur não é acusado de nenhuma prática ilegal, porém, o Estatuto do Coritiba prevê que as Assembleias Gerais têm poder superior sobre os conselhos diretor e administrativo do clube. Agora, a requisição vai para a apreciação da Mesa Diretora do Conselho Consultivo, que pertence ao Deliberativo, e que terá duas opções: arquivar ou dar continuidade ao pedido.A mesa diretora é composta pelo presidente Marcelo Foggiato Licheski, os vice-presidentes Luiz Henrique de Barbosa Jorge e David Colaço Meira Neto e os secretários Jamil Ibrahim Tawil Filho e Airton Sozzi Junior. A formação desta mesa contempla as três correntes que competiram pela presidência em dezembro de 2017, quando Namur venceu.O presidente havia publicado uma carta em que chamava os conselheiros opositores para uma reunião as 11h desta segunda no Couto Pereira, mas o protocolo do pedido da Assembleia Geral demonstrou a pouca adesão ao pedido de Namur.Caso seja levado adiante o pedido, a Assembleia Geral pode levar entre 40 e 60 dias para ser marcada. Nela, todos os sócios aptos a votar, num universo de quase 13 mil pessoas, irão definir se Namur segue ou deixa o cargo, quase que como numa nova eleição, em situação similar à que ocorreu no Santos.O Coritiba ainda não definiu diretor de futebol e não sabe se mantém o técnico Argel Fucks para 2019.Na semana passada, o clube iria anunciar o ex-gerente de futebol do Paraná, Rodrigo Pastana, mas o cenário político atribulado adiou a contratação. Sem chances de acesso, o Coritiba encerra sua caminhada na Série B 2018 nesta sexta (23), no Couto Pereira, contra o campeão Fortaleza.

Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ACidade ON. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. ACidade ON poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."

Facebook

Cadastrados

Nome (obrigatório)
Email (obrigatório)
Comentário (obrigatório)
0 comentários