Vertical Adventures apresenta

bora ligar o modo on
em nossas aventuras


Publicidade

on adventure

Confira algumas curiosidades sobre a aventura de gravar o remake de Pantanal

O remake da novela Pantanal está sendo gravado no Mato Grosso do Sul, sem cidade cenográfica, o que por si só já é uma aventura.

| ON Adventure -

Reprodução TV Globo
Em pouco tempo no ar, o remake de Pantanal, a novela já é sucesso de audiência. A proposta ousada do diretor nos anos 90, que além da dramaturgia evidenciava belas paisagens contemplativas, deu certo no passado, e está dando mais certo ainda agora, com melhores recursos de gravação.

A vida selvagem do Pantanal é retratada de forma mais bela e cinematográfica. Gravar nesse tipo de locação é uma aventura por si só, pois os acessos precisam ser em veículos off road, ou por avião/helicóptero. 

A aventura de se gravar no Pantanal | Foto: Arquivo pessoal, Jota Passos
Além disso, a gravação precisou esperar pela época da seca, para os deslocamentos focassem mais fáceis e rápidos. 

A produção programou duas longas viagens, uma em 2021 e outra em 2022, para que as gravações de Pantanal não fossem afetadas pelas variações do clima local, pois o período de chuvas complica o acesso a determinados locais da região.

Estima-se que vivem no local cerca de 367 espécies de aves, mais de 70 tipos de mamíferos, mais de 40 espécies entre répteis e anfíbios, além de 94 espécies de peixes e 36 de invertebrados.

Tuiuiús, Jacarés, cobras e até uma onça fazem parte do set de gravação, afinal de contas, é a morada destes bichos da fauna brasileira. Insetos também sempre estão presentes em ambientes naturais, ainda mais com essa abundância de água. 

A onça "Marruá"

A escolhida para interpretar a onça Marruá foi Matí, uma fêmea de onça-pintada de 3,5 anos de idade que não pode mais retornar à natureza. O Instituto NEX a escolheu por seu temperamento mais calmo e por estar acostumada a outros seres humanos.
Onça Matí, utilizada para as gravações | Imagem: Divulgacao/Instituto NEX
Quando ainda era um filhote, Matí foi encontrada sozinha em uma rodovia, resgatada e destinada a outro criadouro de animais silvestres, onde foi cuidada até a fase adulta.

Com 2 anos ela foi para o Nex através de um programa de intercâmbio genético entre os Criadouros. Por ter perdido sua mãe e sua liberdade quando ainda era um filhote, ela precisou ser cuidada por humanos e acabou perdendo o seu instinto selvagem.

Toda essa ação foi realizada em parceria com os órgãos ambientais competentes, com todas as licenças ambientais necessárias. O IBAMA, CENAP, IMASUL e SEMAD-GO autorizaram a realização dessa filmagem, desde o transporte até as acomodações no Pantanal.

A gravação do remake de Pantanal

Os números que cercam as gravações do remake da novela "Pantanal" no Mato Grosso do Sul impressionam. Seis fazendas daquela região receberam equipes e equipamentos para os trabalhos da novela, uma delas de propriedade de Almir Sater, confirmado no elenco junto com seu filho.

Com boa parte das gravações realizadas na região Centro-Oeste, "Pantanal" não terá erguida uma cidade cenográfica. "Com a diversidade de paisagens que tínhamos no Pantanal, não fazia sentido termos uma cidade cenográfica", justificou o cenógrafo Alexandre Gomes de Souza. 

Gravações da novela Pantanal | Imagem: Reprodução Web
Os Estúdios Globo vão receber apenas a parte interna da casa de José Leôncio ou o galpão dos peões, enquanto a cidade do Rio de Janeiro abriga umas externas. A região pantaneira abriga 40% das cenas dos primeiros quatro blocos de capítulos. Depois, a porcentagem cai pela metade nos capítulos seguintes.

Mais notícias


Publicidade