Aguarde...
ON Run

onrun

Ronaldo da Costa: uma referência de atleta brasileiro maratonista

Ao bater o recorde mundial em uma maratona, o atleta brasileiro Ronaldo da Costa mostrou ao mundo que nada é impossível

| ON Run

O dia em que atleta o brasileiro Ronaldo da Costa foi recordista mundial da maratona. Crédito Fernanda Paradizo

Antes do Ronaldo da Costa bater o recorde mundial, era impensável correr uma maratona abaixo de 3 minutos por km. Eu fui atleta profissional e demorei um bom tempo para correr os 5 km nesse ritmo. Nós achávamos que iria dura mais uns 10 anos para baterem novamente esse recorde, pois o feito anterior foi realizado em 1988, por um etíope que tinha percorrida a maratona em 2h06m05s.  

Outra situação impensável para época era fazer a segunda parte de maratona mais rápida que a primeira, era impensável correr tão rápido assim no final de prova.   


Mas o Ronaldo da Costa mostrou que tudo isso era possível e fez. Correu a maratona abaixo de 3 minutos por km e ainda percorreu a segunda parte da prova mais rápida que a primeira. Foi algo assustador para época, mas ao mesmo tempo todos os treinadores e atletas do mundo inteiro começaram a mudar a forma de treinar seus atletas, porque se o Ronaldo fez então é possível.  

A partir desse momento, os recordes nunca mais demoraram tanto tempo para cair, muito menos 10 anos para serem batidos. Ronaldo mostrou ao mundo o caminho e tudo que os atletas têm feito hoje, em todo o mundo, certamente possui sua influência na aceleração desse processo. Ele foi e sempre será uma referência por ter sido recordista mundial e ter mostrado para o mundo que é possível correr mais rápido a parte final da maratona.  

O resultado do Ronaldo de 2h06min05seg é, até hoje, o recorde brasileiro e sul-americano. Ele sempre é lembrado pelos organizadores da maratona de Berlim como uma das referências na maratona. É gratificante chegar na maratona de Berlim e ver a foto e pôster do nosso Ronaldo espalhado pela cidade, dá uma sensação única de alegria e orgulho de ser brasileiro.  

Ronaldo é convidado com frequência pelos organizadores para participar da prova, seja como corredor, agora amador, ou como referência para os jovens atletas e participantes da prova!

Mais do ACidade ON