Aguarde...
ON Run

onrun

Confira dados sobre o tempo de treino dos corredores de rua antes da pandemia

A Federação Paulista de Atletismo divulgou dados que mostram o tempo de treino dos corredores de rua antes da pandemia

| ON Run

 

Confira dados sobre o tempo de treino dos corredores de rua antes da pandemia. Crédito Tião Moreira
Que as corridas de rua praticamente não estão acontecendo, isso é fácil de entender, afinal não participamos de nenhum evento a mais de um ano, mas qual era e qual é a nossa realidade nesse momento da pandemia? Um relatório da Federação Paulista de Atletismo apresentado em uma live no dia 14 de março de 2021, revelou alguns dados estatísticos para entendermos a situação da corrida de rua. Vale destacar que esses dados são de eventos oficiais realizados com a chancela da federação.


Os dados retratam um cenário que não existe mais e tem a pandemia de covid-19 como responsável por esse momento difícil para os organizadores e participantes de eventos, certamente será difícil afirmar quando voltaremos ao ponto que paramos a exatos um ano.

Seguem alguns dados sobre o tempo de treino e orientação.
Tempo de treino:
Treinam de 0 a 1 ano 4,9%
Treinam de 1 a 3 anos 26,1%
Treinam de 4 a 5 anos 21,3%
Treinam de 5 a 10 anos 21,8%
Treinam a mais de 10 anos 26,0%
Orientações para os treinos:
Treinam sem orientação 31%
Treinam com orientação 69%
Treinam com orientação de:
Treinador de atletismo 10%
Treinador de corrida - 24%
Personal - 5%
Professor academia - 6%
Bloqueiros, ex atletas, autodidatas - 3%
Assessoria Esportiva presencial - 31%
Assessoria esportiva on-line 12%
Publicações de revistas e sites especializados 8% 



Vale destacar que são apenas os eventos oficiais com permit. da Federação Paulista de atletismo.
Resta saber como será esse retorno, esse vácuo de março de 2020 até o presente momento ainda não há como saber, mas as previsões são para organizadores sem condições de voltar com força total e participantes com uma condição financeira prejudicada pelo momento econômico provocado pela pandemia. 

O lado positivo:
Ao sair nas ruas é fácil perceber a quantidade de pessoas que estão praticando a caminhada e a corrida. Em conversa com alguns professores responsáveis por assessorias esportivas, é comum o relato de mais pessoas procurando as atividades ao ar livre e desses, muitos certamente tomaram gosto pela corrida. Quem é corredor sabe que a parte mais difícil é esse início, depois é difícil parar de correr.
Mensagem positiva
Enviamos energias positivas para todos os organizadores, professores e praticantes de caminhada e corrida, essa fase embora esteja demorando um pouco mais do que gostaríamos vai passar e voltaremos a nos encontrar nas ruas, parques, bosques, montanhas, praias.... porque onde tem uma corridinha, lá estaremos, firmes e fortes!
Obrigado por acessar nosso site, sinta se em casa, a casa do praticante de caminhada e corrida!
Quer obter mais informações sobre a pesquisa da FPA? Clique aqui 
Quer ler as recomendações médicas sobre a prática da corrida de rua nesse momento de pandemia? Clique aqui