Publicidade

onrun

Confira dados e curiosidades sobre as principais provas de corrida de rua

Está começando agora e deseja se inteirar sobre as principais provas e competições de corrida de rua? Separamos algumas informações para você!

| ON Run -


Corrida da Lua Campinas realizada em 2008. (Crédito: Tião Moreira).
 

A atividade física e seus benefícios para saúde, bem estar e desempenho são assuntos bem consolidados na literatura científica. Inclusive, a corrida de rua parece comprovar essa tendência que vem se configurando como uma grande paixão nacional, independente da cultura, credo ou classe social. 

Podemos dizer até que tornou-se moda ser praticante de corrida de rua, nas diferentes distâncias e percursos, compreendendo provas dos 5 km até os mais de 42 km da maratona. 

Verdadeiras multidões se encontram em ruas, parques e bosques para correrem e superarem seus desafios. Dados epidemiológicos confirmam, que a prática esportiva, em especial a corrida, é um poderoso agente para agregar melhorias e transformações positivas em diferentes áreas, como: econômica, cultural, educacional, saúde e bem-estar. 

Isso tudo, você já deve imaginar, se dá por conta da praticidade que a corrida de rua oferece e por ser democrática para os participantes, uma vez que a adaptação é rápida, não requer equipamentos caros e pode ser realizada durante todo ano. Além disso, existe um outro fator que torna a corrida de rua ainda mais atrativa: a possibilidade de participar das principais corridas pelo mundo com os campeões olímpicos e mundiais. Este acaba sendo um fator motivacional único para o praticante. 

Mas como tudo na vida tem uma medida recomendada para termos os reais benefícios e evitar possíveis lesões e contratempos, separamos algumas dicas e recomendações para você realizar seus treinos com segurança e aumentar a possibilidade de melhoras no desempenho, evitando possíveis lesões e desconfortos.

Você percebeu que houve um aumento de praticantes no período de pandemia?

Como você já sabe, o ano de 2020 foi marcado por muitos desafios e mudanças nos hábitos de todo mundo. Com a chegada da pandemia, responsável por fechar temporariamente academias e centros de treinamento, a tendência foi buscar formas de se movimentar de forma segura, sem colocar o isolamento social em risco.

Uma das alternativas escolhidas por muitos foi a corrida de rua, como mostrou uma pesquisa realizada pela Asics, divulgada dia 3 de junho em comemoração ao mês do Global Running Day.

A pesquisa foi realizada com 14 mil corredores de 12 países, usuários do aplicativo Runkeeper, entre os dias 3 e 15 de maio de 2020. O objetivo era entender e acompanhar as mudanças de comportamento entre os corredores durante a pandemia, entre participantes de 16 a 64 anos que treinavam pelo menos uma vez por semana.

Os países participantes foram Brasil, Austrália, China, França, Alemanha, Índia, Itália, Japão, Rússia e Espanha; onde foram entrevistados mil corredores em cada um deles. Já nos Estados Unidos e Reino Unido, foram entrevistados 2 mil em cada.

Os resultados mostraram que no mês de abril houve um aumento de 252% nos registros do aplicativo em todo o mundo, e de 44% a mais de usuários ativos mensais em comparação com o mesmo período do ano passado. Além disso, também houve um aumento global de 62% de pessoas saindo para uma corrida semanal.

Entre os entrevistados brasileiros, 88% disseram que a corrida desempenha um papel fundamental para espairecer a mente, 67% afirmam que os benefícios mentais da corrida superam os de outras atividades físicas e 91% acredita que a modalidade irá ganhar mais destaque em suas vidas após a pandemia.

Outro estudo mais recente, divulgado pelo aplicativo Strava no relatório "Year in Sport", dia 16 de dezembro, retratou o ano de 2020 mostrando que a comunidade esportiva conseguiu se adaptar e se manter ativa. Nesses 12 meses avaliados, foram publicados no aplicativo 21,5 milhões de atividades por semana, além de 17 bilhões de quilômetros percorridos, números que ficaram acima das previsões iniciais.

"Não temos dúvidas que este foi um ano atípico para todos. Mas o que conseguimos enxergar é que os atletas Strava conseguiram se adequar a essa realidade, praticaram novas atividades e se mantiveram ativos durante todo o período. Mesmo com restrições de eventos, esportes ao ar livre e em grupo, a plataforma viu sua comunidade crescer e o número de registro de atividades físicas superar as previsões iniciais. Além dos números, o Strava também tem o lado humano, e conseguimos ver que em 2020 as pessoas quiserem estar mais perto de quem gostam, mesmo que virtualmente", explicou Rosana Fortes, country manager do Strava no Brasil.


E no Brasil, também gostamos de caminhada e corrida?

Somos um povo apaixonado por caminhada e corrida! De acordo com dados da Pnad (2015), 24,6% da população brasileira realiza caminhada e corrida como atividade física, seja caminhada de lazer, para ir ao trabalho ou passear com a família.
Um dos fatores que contribuem para essa afirmação é o fato do nosso país ter condições favoráveis para a realização da corrida ao ar livre durante todo o ano. 

Abaixo segue os principais destaques da pesquisa realizada pelo aplicativo Strava - (why we run), um dos mais importantes do segmento. A pesquisa foi feita com 25.000 mil corredores, tornando-se uma das mais importantes sobre o assunto e servindo de referência para entendermos um pouco melhor o corredor de rua no Brasil e no mundo.  Foram pesquisados diversos assuntos sobre o cotidiano dos corredores.   

Veja os dados a seguir:

* 8% dos corredores adoram acordar para treinar, já 57% nunca apertam o botão soneca.
* 44% dos corredores odeiam o primeiro quilômetro e apenas 11% adoram. As subidas são adoradas por 17%.
* A primeira parte da corrida fica com 21% da preferência dos corredores mundo afora. A parte final da prova, os últimos quilômetros, é adorada por 37% e a chegada tem a preferência de 63% dos atletas.
* A frequência de curtidas em aplicativos sobre assuntos relacionados com a corrida também foi aferida. São 25% no mundo e quase 30% no Brasil.
* 39% dos corredores gostam de comer e beber após a corrida. 

Mas você sabe qual o fator determinante para a realização da corrida? 

No Brasil, a saúde é o principal fator, sendo o motivo de 22% dos corredores. Na Alemanha, o destaque é a imagem corporal, com 47% de adeptos da modalidade buscando esse objetivo. Nos Estado Unidos, a melhora na força corporal é a razão de 48% das pessoas que praticam a corrida. Já no Japão, o combate à ansiedade foi mais citado, sendo a motivação de 15% dos praticantes. 

Fonte: https://whywerun.strava.com/ 

As principais provas de corrida de rua de Campinas e região 

A Corrida Integração Campinas 

Provavelmente esta você deve conhecer! A Corrida Integração teve a sua origem na década de 80, já somando mais de 36 anos de realização. Diversos atletas brasileiros e internacionais, medalhistas olímpicos, recordistas mundiais tiveram sua trajetória marcada pela prova. 

A corrida é realizada na cidade de Campinas e organizada pela EPTV, afiliada da Rede Globo em três regiões do interior de São Paulo. 

Até o final dos anos 90 a prova tinha a sua largada e chegada no centro da cidade, mais precisamente na Avenida Francisco Glicério; porém, o evento cresceu e precisou passar a ser realizado em torno da Lagoa do Taquaral, um importante espaço de lazer da cidade. 

A prova é disputada nas distâncias de 5 e 10 km corrida e 5 km de caminhada com largada e chegada na Praça Arautos da Paz. 

Ruas e avenidas do percurso da prova de 10 km: 

Praça Arautos da Paz, Jardim Bela Vista
Avenida Júlio Prestes, Taquaral
Avenida José de Sousa Campos, Cambuí
Avenida Orosimbo Maia, Cambuí
Rua Doutor José Novaes, Vila Angelino Rossi
Avenida Barão de Itapura, Jardim Nossa Senhora Auxiliadora/Taquaral
Avenida Doutor Heitor Penteado, Taquaral/Parque Taquaral
Praça Arautos da Paz 

Últimos campeões da corrida integração 2019 

Masculino (10k) 

1º - Nicolas Kosgei (Quênia) - 29m47s
2º - Giovanni dos Santos - 30m14s
3º - Marco Joseph Marco (Tanzânia) - 30m24s
4º - Ederson Vilela Pereira - 30m41s
5º - Adugna Bekele Men (Etiópia) - 31m49s
Feminino (10k)
1º - Jenifer Silva - 34m37s
2º - Graziele Zarri - 35m17s
3º - Viola Chemos (Uganda) - 35m47s
4º - Kleidiane Jardim - 35m52s
5º - Pauline Chemel (Quênia) - 36m01s 

Masculino (5k) 

1º - Douglas Miguel Nascimento - 15m52s
2º - Filipe Augusto Scaramelli - 16m09s
3º - Cícero Bezerra de Sena - 16m24s
4º - Flávio da Silva Lima - 16m30s
5º - Gabriel Candido Roberto - 17m17s

Feminino (5k) 

1º - Luana Cunha de Andrade - 19m30s
2º - Ana Paula Moretti - 20m31s
3º - Mirian Raquel Martins - 20m39s
4º - Larissa Gonçalves dos Santos - 21m04s
5º - Camila Zago Castelli - 21m29s 

A Corrida Integração Ribeirão 

Com o sucesso da Corrida Integração em Campinas, os corredores de Ribeirão Preto e região também ganharam uma prova para chamar de sua. 

A corrida foi realizada pela primeira vez em Ribeirão Preto no dia 14 de junho de 2015, e já está se preparando para a sua 6º edição, com largada atualmente em frente ao Parque Maurílio Biagi, proporcionando mais segurança e comodidade aos atletas e familiares. É uma verdadeira integração de amadores, atletas profissionais e de todos os participantes em geral. 

Em sua primeira edição, a prova reuniu cerca de 2 mil atletas nos percursos de 5k, 10k e caminhada. Hoje já são mais de 4 mil atletas que além da saúde e qualidade de vida também disputam a premiação em dinheiro para os primeiros colocados. 

Abaixo o pódio da primeira edição da corrida em 2015. 

Pódio 

Masculino 

1º Edwin Kipsang Rotich (Quênia)
2º Joseph Tiophil Panga (Tanzânia)
3º Luiz Paulo da Silva Antunes (Brasil)
4º Carlos Oliveira dos Santos (Brasil)
5º Paulo Alves dos Santos (Brasil)

Feminino 

1ª Nancy Kiprop (Quênia)
2ª Natalia Sulle (Tanzânia)
3ª Fernanda Raimunda Soares (Brasil)
4ª Tatiana Rodrigues Fernandes (Brasil)
5ª Adriana Sutil (Brasil)

A Corrida da Lua 

Para os saudosistas e jovens que não gostam de acordar cedo aos domingos de plantão, que gostam de correr à noite, em especial aqueles atletas que tiveram a oportunidade de participar da Corrida Internacional de São Silvestre quando era realizada a noite, a Corrida da Lua é uma ótima opção. A maior parte do seu público são frequentadores das academias, em sua grande maioria jovens, que não costumam acordar cedo aos domingos para correr. 

A corrida da Lua está em sua 24ª edição e é uma das mais tradicionais provas do interior Paulista, com percursos que variam de 10 e 6 km de corrida e 6 km de caminhada em torno da Lagoa do Taquaral. O evento ocorre sempre no mês de março e é utilizado pelas equipes da região como a prova de abertura da temporada de competições. 

Com largada sempre às 20h e chegada na Praça Arautos da Paz, o evento atrai anualmente cerca de 4 mil participantes.
O trajeto mudou muito pouco nos últimos anos, ficando sempre no entorno da Lagoa do Taquaral, na cidade de Campinas, com largada na pista interna da Rua Vital Brasil (junto à Arautos da Paz), seguindo pela pista interna da Avenida Dr. Heitor Penteado até o Portão 1 da Lagoa do Taquaral.

A Volta Internacional da Pampulha 

Esta é uma das mais tradicionais do Brasil, referência no estado de Minas. Também foi destino dos principais atletas brasileiros e internacionais. A prova realizada tradicionalmente no final do ano, serve como preparação para a Corrida Internacional de São Silvestre. É muito comum ver os principais atletas da prova entre os melhores também na São Silvestre.
A prova acontece todo ano em Belo Horizonte, (MG), desde 1999. 

A prova tem esse nome em homenagem a Pampulha ponto turístico muito importante na capital mineira, o percurso da prova, tem como trajeto justamente o contorno da Lagoa da Pampulha. 

A largada, apesar de em algumas edições ter mudado bastante, teve boa parte do seu trajeto na distância de 17.800m, apenas para efeito de comparação caso você tenha participado nesses anos.
Em 2018 a prova voltou ao circuito de 2012, com largada e chegada em frente ao estádio Mineirão. Desta forma o trajeto voltou a ter a distância de 18.650m.

A Corrida de Reis 

É a mais importante do centro-oeste, acontece nas cidades de Cuiabá e Várzea Grande em Mato Grosso, organizada pela TV Centro América, afiliada da Rede Globo. 

A Corrida é uma homenagem aos três Reis Magos e acontece sempre no início do ano, com percurso de 10 km entre as duas cidades, sempre no primeiro domingo após o Dia de Reis Magos. 

Atletas do Brasil e do mundo participam da prova, por ter sua proximidade com a São Silvestre possibilita a participação de grandes atletas, que ficam no Brasil. Outro ponto que faz os principais atletas participarem, é a premiação em dinheiro aos primeiros colocados, que já chegou a premiar os campeões de ambos os sexos com um carro popular novo, além de premiação nas categorias por faixa etária e categoria especial, atletas com deficiência física, o que atrai a participação até de competidores de renome internacional. 

Assim como a Corrida Integração em Campinas, a Corrida de Reis foi realizada pela primeira vez na década de 80, com cerca de 200 a 300 corredores, bem diferente de hoje que conta com milhares de atletas. 

Na primeira edição da prova os campeões foram, Juarez Sabino e Jorilda Sabino. 

Na corrida de 2013, um episódio triste ocorreu com o queniano Edwin Rotich, que liderou toda corrida, foi atacado por Walace de Souza Nogueira, lembrando o caso do brasileiro Vanderlei Cordeiro de Lima, nas Olímpiadas de 2004 .


Corrida Centro Histórico São Paulo 

Você já deve ter ouvido falar ou lido a frase que corrida não é só correr, né? Imagine você pronto para largada da prova e ao invés das tradicionais músicas de corrida, tem um tenor cantando músicas do Pavarotti e Andrea Bocelli. É de arrepiar! Pensando nisso, a corrida do centro histórico cai como uma luva na frase, basta se inscrever e participar de uma das mais tradicionais e charmosas corridas de rua que possibilita aos participantes correr por locais tradicionais e pontos turísticos da cidade de São Paulo, entre eles Teatro Municipal, Praça da Sé, Pátio do Colégio e Viaduto do Chá. 

Com um percurso de 9 km, a prova tem largada na região do vale do Anhangabaú e nos últimos a largada ocorreu às 7h na av. Líbero Badaró e concentração no Vale do Anhangabaú.

Corridas temáticas 

Esse é o tipo de prova que vem fazendo muito sucesso nos últimos anos, tem para todos os gostos e bolsos, vai desde as tradicionais provas dos clubes de futebol, como Cruzeiro, São Paulo, Corinthians, parques, princesas, heróis e heroínas, séries, filmes e etc.... Com isso, o praticante tem um motivo a mais para praticar um esporte, pois além de fazer um bem danado para a saúde e ainda pode ficar perto do seus personagens favoritos. 

É uma forma muito legal de aproximar os apaixonados por determinado assunto. É como aquela troca de figurinhas dos álbuns realizados quando criança, só que agora com avanço da tecnologia, as figurinhas foram digitalizadas e a troca é mesmo de informações, bate papo, encontro com personagens fantasiados, novidades, e a venda de objetos pessoais exclusivos do seu personagem favorito. 

A camiseta personalizada é item quase obrigatório e vem no kit de inscrição. 

Abaixo alguns eventos temáticos já realizados: 

Timão Run 2020 - São Paulo (SP)
Carna Run 2020 - Cangaíba (SP)
Heroes Run 2020 - Guarulhos (SP)
Rolling Stone Music & Run 2020 - São Paulo (SP)
Corrida Mulher-Maravilha 2020 - São Paulo (SP)
Flowers Run - Rio de Janeiro (RJ)
Corrida Insana 2020 - Campinas (SP)
Corrida do Chapolin 2020 - São Paulo (SP)
Batman & Batgirl Run Series - Rio de Janeiro (RJ)
Corrida Superman & Supergirl - São Paulo (SP)
Corrida do Samba - São Paulo
Corrida Pernalonga - Looney Tunes 80 anos 2020 - São Paulo
Corrida e Caminhada Outubro Rosa - Rio de Janeiro (RJ)
Cãorrida Scooby-Doo 2020 - Guarulhos (SP)

Mais notícias


Publicidade