ACidadeON Ribeirão Preto

Ribeirão Preto
mín. 20ºC máx. 36ºC

"Fonte de energia"

"Fonte de energia"

| ACidadeON/Ribeirao

A pergunta decisiva que se faz em economia é quanto custa. E é essa a pergunta que atualmente fazemos, buscando uma resposta a respeito de qual fonte de energia, na sequência, substituirá o petróleo, hidrocarboneto que veio substituir o carvão, passando a ser a primeira fonte de energia a suprir as necessidades do mercado. Antes do carvão sabe-se através da história o domínio era da lenha.No atual momento histórico em que há transição do petróleo para a próxima energia o cálculo de custo sofrerá mudança significativa. Tradicionalmente, este cálculo era sempre na linha de se considerar o custo econômico apenas. Somente alguns iluminados anteviam a necessidade de se pensar em custo ecológico. Agora por imposição do meio-ambiente a verdade é que, somando-se a este custo, deve-se considerar também o custo ambiental. A soma de ambos custo econômico e custo ambiental é que deve determinar qual será o sucessor do petróleo, caso se tenha apenas uma modalidade dentre as que geram energia limpa. Solar, biomassa e eólica são algumas das fontes de energia limpa que têm possibilidade de vencer esta competição. E a decisão precisa ser rápida porque os prazos não são políticos e nem eleitorais: são impostos pela natureza. Que costuma não esperar.Para a solução ou, pelo menos, para se ter um equacionamento do problema é preciso que se tenha uma definição da matriz energética nacional onde deverão se situar tanto as energias limpas como as não limpas. E bem assim o tempo durante o qual elas serão utilizadas. Por quanto tempo ainda os hidrocarbonetos agredirão a natureza sem que possamos reagir à altura?

Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ACidade ON. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. ACidade ON poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."

Nome (obrigatório)
Email (obrigatório)
Comentário (obrigatório)
0 comentários