Aguarde...

ACidadeON Campinas

Campinas
mín. 20ºC máx. 36ºC

cotidiano

Casa no Jd. Nova Europa era usada como viveiro de maconha

PM prendeu seis homens em flagrante. Local tinha sistema de irrigação e aquecimento

| ACidadeON/Campinas

 
Plantações se espalhavam por seis cômodos da casa (Foto: Denny Cesare/Código 19) 

A Polícia Militar de Campinas, por meio do 35º Batalhão, descobriu uma casa no Jardim Nova Europa que era utilizada como um viveiro para a produção de maconha.

No local foram encontrados cerca de 1,5 mil pés da planta em diversos estágios de crescimento, além de mudas e sementes. O plantio era feito em seis cômodos do imóvel.  A casa também tem irrigação, sistema de aquecimento e diversos tipos de estufas.

A PM chegou até o local durante patrulhamento de rotina. Os policiais avistaram dois homens em frente à casa que, quando avistaram a viatura, demonstraram certo nervosismo. Na abordagem, um deles correu para o interior do imóvel e outro, para o lado externo.  

Durante a prisão dos suspeitos, a polícia soube que traficantes iriam até a casa para buscar a droga. Os policiais se esconderam e prenderam mais dois homens em um Elantra e outros dois em uma van. Eles levariam pés de maconha para cidades da região.

Todos foram presos em flagrante.  


QUER CONTINUAR LENDO ESTE CONTEÚDO E MUITOS OUTROS? FAÇA SEU LOGIN OU CADASTRE-SE

Informe seu e-mail e senha cadastrados para ter acesso a todo conteúdo do site:

ainda não tem cadastro?
QUER LER ESSE CONTEÚDO? CADASTRE-SE

Informe seu Nome, E-mail e senha para se cadastrar no Acidade ON

Quero ser informado sobre promoções e ofertas do Acidade ON e seus parceiros
Aceito os Termos de Uso do Acidade ON

Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ACidade ON. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. ACidade ON poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."

Facebook

Veja também