Aguarde...

ACidadeON Campinas

Campinas
mín. 20ºC máx. 36ºC

cotidiano

Boechat falou sobre corrupção no Brasil em palestra em Campinas

A palestra ocorreu no Centro de Convenções do Royal Palm Plaza

| ACidadeON Campinas

 

O jornalista Ricardo Boechat, 66 anos, deu sua última palestra em Campinas onde falou sobre a contaminação do corrupção no Brasil, a construção da sociedade brasileira atual e da ética do povo. Ele morreu nesta segunda-feira (11) após o helicóptero onde estava cair em cima de um caminhão na Rodovia Anhanguera (SP-330), em São Paulo.

"Um país, uma sociedade onde temos um Estado corrupto. Nós pensamos no nosso em todos os níveis. O cara da esquina, a repartição, o Ministério. Essa sociedade pode se qualificar eticamente tendo esse ambiente contaminado por este câncer? É possível que essa sociedade, empresas, trabalhadores, construam uma coletividade ética?", afirmou.  

LEIA MAIS
Helicóptero em que estava Boechat ficou destruído; veja vídeo


A palestra ocorreu no Centro de Convenções do Royal Palm Plaza, no Jardim Nova Califórnia, em um encontro da empresa farmcêutica Libbs. Nem o hotel de Campinas nem a empresa retornaram o pedido de posicionamento da reportagem. No vídeo, compartilhado no Twitter por um funcionário que assistiu a palestra, Boechat fala por cerca de 40 segundos.

O ACIDENTE


Além do jornalista, a queda do helicóptero deixou mais uma vítima fatal - o piloto Ronaldo Quattrucci. O helicóptero caiu sobre um caminhão em trecho do Rodoanel que dá acesso à Rodovia Anhanguera (SP-330), na zona oeste de São Paulo.  

As vítimas, segundo o Corpo de Bombeiros, foram carbonizados após a aeronave pegar fogo. O incêndio já foi apagado. O motorista do caminhão que foi atingido foi socorrido. Não há informações sobre seu estado de saúde.  

OUTRO LADO 

Em nota oficial, o Grupo Royal Palm Hotels & Resorts lamentou a morte do jornalista e confirmou que ele fez sua última palestra em encontro realizado por um cliente no Centro de Convenções Royal Palm Hall, em Campinas.

O grupo disse ainda que "Boechat era um dos principais âncoras do rádio e da TV do país e sua perda é irreparável para o jornalismo brasileiro". A Libbs, em nota oficial, informou que cancelou as atividades do dia e que Boechat deu uma palestra de 40 minutos onde "imprimiu seu estilo, sempre autêntico e verdadeiro".

A empresa também lamentou a morte do piloto e que aguardam informações oficiais sobre o ocorrido, além de estarem à disposição para cooperar com mais informações.


Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ACidade ON. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. ACidade ON poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."

Facebook