Aguarde...

ACidadeON

Voltar

cotidiano

Hípica: Justiça indefere soltura de menores da Fundação Casa

Menores estão apreendidos desde a última semana por espancarem outro jovem no começo do mês em frente ao Clube da Hípica, em Campinas

| ACidadeON Campinas

Os três menores estão apreendidos na Fundação Casa desde o dia 19 de setembro em Campinas (Foto: Reprodução) 
*Atualização no dia 26/09, às 18h56: O vídeo foi editado por força de decisão judicial. 

A Justiça de Campinas indeferiu na tarde desta terça-feira (25) o pedido de soltura de três adolescentes da Fundação Casa, onde estão desde o dia 19 de setembro por espancarem um jovem de 17 anos em frente ao Clube da Hípica, no começo do mês. A decisão é do juiz da 3ª Vara Criminal, Nelson Augusto Bernardes.

Com isso, os três menores permanecem internados em unidades da Fundação Casa pelo prazo máximo de 45 dias. A data de soltura está prevista para o dia 2 de novembro para dois adolescentes.

O prazo do terceiro termina no dia 3 de novembro, pois ele foi apreendido pela Justiça um dia depois. No dia da decisão, o jovem passou mal e foi internado no HC (Hospital de Clínicas) da Unicamp (Universidade Estadual de Campinas). Ele teria tido uma crise de ansiedade.

Até o final desta semana, a Justiça deve definir data para uma segunda audiência do caso, que dessa vez convocará a vítima e testemunhas. Na semana passada, um dos menores envolvidos confessou que espancou a vítima e que estaria arrependido.

O espancamento ocorreu no dia 2 de setembro. Os três adolescentes apreendidos foram até a casa do jovem agredido e o perseguiram pelas ruas do bairro Parque das Palmeiras, agredindo-o. Na semana passada imagens da agressão mostraram como foi o ataque.

A vítima teve ferimentos graves e passou por cirurgia. Atualmente ele se recupera da violência em casa. Ainda na semana passada a Justiça negou um habeas corpus pedindo a suspensão da internação provisória de um dos menores suspeitos. O caso corre em segredo de Justiça.   

LEIA MAIS

Menor confessa que espancou jovem em frente a Hípica
Justiça nega habeas corpus para menor envolvido em agressão
Menores suspeitos ameaçaram vítima após agressão
Polícia abre inquérito contra pai de agressor de adolescente
Vídeo mostra agressão de adolescentes em frente à Hípica
 



O CASO

O caso de espancamento aconteceu no começo deste mês e causou repercussão na cidade. A vítima, também de 17 anos, foi cercada pelos três adolescentes, que avançaram sobre ele. O ataque ocorreu na Rua Buriti, no bairro das Palmeiras, em frente ao clube. Toda a agressão foi gravada por câmeras de segurança do clube e estão em segredo de Justiça.

A vítima sofreu fraturas graves e chegou a ficar internada no hospital após uma cirurgia. A desavença entre os adolescentes ocorreu porque a vítima teria ficado com uma ex-namorada de um dos agressores.

Além da investigação do caso, a polícia apura a participação do pai de um dos adolescentes. Ele teria levado e buscado os adolescentes no local. Ele também não prestou socorro ao jovem agredido que foi socorrido por funcionários do clube.  

OUTRO LADO 

O advogado de um dos jovens, Daniel Bialski, respondeu o pedido de posicionamento da reportagem em nota. Na íntegra:  "Conquanto respeite a posição do Magistrado, diante da absoluta desnecessidade da medida e em face de todos os predicados positivos do menor e da inexistência de qualquer razão plausível para a manutenção, entrará com novo pedido no Tribunal de Justiça de São Paulo e, tribunais superiores., contestando tal decisão e buscando a revogação da internação".  
 
Os advogados que representam os outros dois adolescentes apreendidos ainda não responderam o pedido de posicionamento da reportagem. 

(Com informações de Hidaiana Rosa e Gustavo Porto, da EPTV Campinas) 


Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ACidade ON. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. ACidade ON poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."

Facebook

Mais do ACidade ON