Aguarde...

cotidiano

Taxa de ocupação em UTI tem ligeira queda e está em 78,97%

Índice ontem era de 79,4%, com queda após dois dias de alta

| ACidadeON Campinas

Ocupação de UTI em Campinas teve ligeira queda nesta quinta-feira (Foto: Luciano Claudino/Código19) 

Campinas teve ligeira queda na taxa de ocupação dos leitos de UTI (Unidade de Tratamento Intensivo) para pacientes de coronavírus com complicações. Nesta quinta-feira (13), o índice está em 78,87%.

Ontem, a taxa era de 79,4% - porcentagem que havia se estabilizado após dois dias de alta na semana. Ainda nesta quinta-feira, Campinas confirmou mais oito mortes, chegando a 847 óbitos.

Com os dados divulgados hoje pela Prefeitura de Campinas, a cidade tem 86 leitos livres somando as redes pública e particular. São 409 leitos de UTI exclusivos para pacientes com covid-19, sendo que 323 estão ocupados.

OS LEITOS

A tendência atual é de maior lotação nos leitos geridos pela rede estadual. Hoje, no AME (Ambulatório Médico de Especialidades) e HC (Hospital de Clínicas) da Unicamp, a taxa é de 89,25%. São 93 leitos, dos quais 83 estão ocupados.

NO SUS municipal, dos 150 leitos, 124 estão ocupados, o que equivale a 82,67%. Há 26 leitos livres. Nesta quinta, 5 leitos do Hospital Mário Gatti continuam bloqueados para regulação por conta da necessidade de isolamento de pacientes.

Já na rede particular, de um total de 166 leitos, 116 estão ocupados, o que equivale a 69,88%.

Mais do ACidade ON