Aguarde...

cotidiano

Ministro da eucaristia é preso em Americana suspeito de assédio sexual

Homem de 32 anos atuava na Basílica Santo Antônio de Pádua; denúncias partiram de mais de uma criança, todas eram meninos

| ACidadeON Campinas

Assédios aconteciam dentro da igreja de Americana (Foto: Divulgação Basílica Santo Antônio de Pádua)

A Policia Civil prendeu ontem (15) um ministro da eucaristia suspeito de cometer assédio sexual a meninos dentro da Basílica Santo Antônio de Pádua, em Americana.

De acordo com a DDM (Delegacia de Defesa da Mulher), as denuncias partiram de menores que conviviam com o homem, de 32 anos, dentro da igreja. O homem era também músico e tocava na igreja.  

Vale lembrar que a Basílica é a mesma onde o padre Pedro Leandro Ricardo, ex-reitor era pároco. Ele foi afastado por denúncias de abuso sexual, e é investigado pelo Ministério Público (leia mais aqui).

Segundo a delegada titular da DDM, delegada Regina Castilho Cunha as denúncias contra o ministro partiram de mais de uma criança, e as informações eram de que os alvos seriam sempre meninos.

A investigação determinou prisão temporária de 30 dias ao acusado, Além disso, a Justiça expediu mandados de busca e apreensão da residência do músico, onde foram apreendidos um computador e um celular que foram encaminhados a pericia.  

Ainda de acordo com a delegada, o prazo da prisão temporária vai ser usado como prazo para receber os laudos da perícia e colher mais depoimentos, para concluir o inquérito. A delegada ainda ressaltou que possíveis novas vítimas podem procurar a DDM de Americana para formalizar as denúncias.  

A Diocese de Limeira (SP) foi procurada para comentar o caso, mas não se pronunciou até o momento da publicação da matéria.

Mais do ACidade ON