Publicidade

cotidiano

Sem procissão, dia da padroeira terá missas e venda de bolo

Em virtude da pandemia, homenagem à Nossa Senhora Imaculada da Conceição será restrita; confira a programação

| ACidadeON Campinas -

Programação católica foi alterada por causa do coronavírus. (Foto: Código 19/Arquivo)

Nesta terça-feira (8) é feriado municipal da padroeira de Campinas, Nossa Senhora Imaculada da Conceição. Em virtude da pandemia, a programação em homenagem à santa, realizada pela igreja católica, sofreu algumas alterações.  

A tradicional procissão, com saída na Basílica Nossa Senhora do Carmo até a Catedral, foi cancelada, a fim de evitar aglomeração entre os fiéis.   

Haverá três missas ao longo do dia, mas com limite de público.  
 
LEIA TAMBÉM 
Veja o que funciona neste feriado da padroeira de Campinas


Às 7h, na Catedral, aconteceu a primeira missa. A Missa Solene, presidida pelo arcebispo metropolitano Dom João Inácio Müller, será às 10h. Já às 17h os fiéis se reunirão para a Meditação do Rosário, e às 18h será realizada a última celebração. 

Tanto a missa das 10h quanto a das 18h serão transmitidas pelo canal do Youtube e na página do Facebook da Catedral

"Durante as missas estamos sempre seguindo os protocolos e os cuidados exigidos, como o distanciamento social, os lugares reservados, a obrigatoriedade do uso das máscaras e disponibilizando álcool em gel para todos que estiverem dentro da Catedral", destacou monsenhor Rafael Capelato. 

À noite, nas demais paróquias de Campinas, as missas ocorrerão normalmente. 

VENDA DE BOLO
 
E, pelo terceiro ano consecutivo, a Catedral venderá o tradicional bolo da padroeira, em que toda a arrecadação será destinada às mais de 400 pessoas atendidas pela igreja. O bolo terá 1,3 mil pedaços e será comercializado durante o dia por R$ 10.

Mais notícias


Publicidade