Aguarde...

ACidadeON Campinas

Campinas
mín. 20ºC máx. 36ºC

cotidiano

Família de Campinas vai dar volta ao mundo com kombi

Na tarde da última quarta-feira, a família fez um evento de "despedida" com amigos e apoiadores na Praça Beira-Rio

| ACidadeON

Foto: Código 19
Família viajará o mundo dentro de uma Kombi. Foto: Código 19

Imagine largar tudo: sua casa, sua cidade, tudo o que você conhece, para embarcar em uma volta ao mundo - sem prazo para acabar - a bordo de uma kombi.

É o que fará a família campineira de Érika Prado, 36 anos, seu marido Valmiro, 43, as filhas Mallu, 8, e Elis, 5, e a gata Princesa. Eles iniciam a viagem na manhã desta sexta-feira (22).

Na tarde da última quarta-feira, a família fez um evento de "despedida" com amigos e apoiadores na Praça Beira-Rio, no distrito de Sousas.

CLIQUE AQUI E VEJA AS FOTOS DA KOMBI

A primeira etapa da aventura será rodar pelo Brasil - o que deve durar uns dois anos e meio, na previsão de Érika, turismóloga e grande incentivadora do projeto. A primeira parada será São Paulo. Em seguida, Sorocaba, onde estão parte dos familiares, e aí a viagem começa pra valer, pelo Litoral paulista.

Dali a família "sobe" o mapa até o Nordeste, Norte, volta para o Centro-Oeste até chegar no Sul e parte para o exterior, pelo Uruguai ou Argentina. "Não sabemos ainda. Quando chegarmos lá, decidimos", conta Érika, bastante tranquila - a intenção, no entanto, é cobrir os cinco continentes - despachando a kombi por navios e viajando de avião quando for necessário.

Ela afirma que essa "informalidade" é a grande característica da empreitada. "É um projeto de vida. Não sabemos quanto tempo queremos ficar viajando, é sem prazo", afirma.

O "financiamento" também será dinâmico. Érika e Valmiro trabalham com a internet, em casa, e continuarão fazendo isso, onde quer que estejam.  "O dinheiro que nos manteria parados é o valor que vai manter viajando", diz Érika.

Mas... e a escola das crianças? São os pais que assumirão esse papel. "Desde janeiro tiramos as meninas da escola e adotamos a educação domiciliar. também fizemos um roteiro pensando muito na educação delas, na geografia, na história, para elas vivenciarem o conteúdo além dos livros", diz Érika.

A KOMBI

O grande investimento para a viagem foi na Kombi "Namorada", que será a casa da família durante a aventura. O veículo foi comprado por R$ 13 mil e, segundo Érika, foram gastos mais R$ 10 mil para equipá-la.

A kombi agora tem armários, uma cama, fogão, pia, minibiblioteca, tanques com água limpa e até um banheiro químico. "Fizemos muitas parcerias com pousadas, hotéis e campings, não vamos ficar na kombi o tempo todo", tranquiliza Érika.

A casa onde a família vivia, que é alugada, será desocupada. Móveis e eletromésticos foram vendidos (para bancar a reforma da Kombi) ou doados.

Para Érika, a empreitada não tem nada de loucura. "O que faz pensar muito é ver a vida passar e não fazer nada. Medo eu tenho de ficar parada, de ficar pra sempre em Campinas", explica.

INTERNET

A viagem será documentada na internet, no site www.turismodevalor.com.br. A família também está presente nas redes sociais - sempre com o nome Turismo de Valor.

Veja também