cotidiano

Especial coronavirus

Prefeitura fiscaliza restaurantes e hotéis para coibir festas de Ano Novo

Ação está sendo feita nesta quinta-feira (31) e, até o momento, 15 comércios foram notificados

| ACidadeON Campinas -

Fiscalização é para coibir festa de fim de ano na cidade durante pandemia (Foto: Denny Cesare/Código19) 

Para coibir festas de Ano Novo com aglomeração durante a pandemia do novo coronavírus, a Prefeitura de Campinas está realizando uma fiscalização em restaurantes e hotéis da cidade. Esse tipo de evento está proibido para evitar a disseminação da covid-19, que já matou 1.466 moradores e chegou a 50.393 casos confirmados desde março.

Até a publicação desta reportagem, 15 estabelecimentos comerciais foram notificados por conta irregularidades ou descumprimento das medidas sanitárias. A ação é do Devisa (Departamento de Vigilância Sanitária) com o apoio da GM (Guarda Municipal) e Defesa Civil. Até o fim do dia, a Administração deverá ainda atualizar o número de comércios notificados.

Durante a noite, equipes também devem percorrer Campinas para continuar fiscalizando e impedindo festas e eventos de fim de ano. Caso algum estabelecimento seja flagrado, será multado em R$ 1.446,44. Se ele for reincidente nesse tipo de caso, a multa é dobrada.  



Segundo o coordenador de fiscalização do Devisa, Fernando Bruhn, a operação de hoje priorizou a orientação, mas se for necessário a Prefeitura emitirá multas. "Se configurar descumprimento dos decretos, tanto o da fase amarela como a partir do dia 1º a gente entra na fase vermelha, eles serão notificados, serão autuados e as medidas cabíveis serão adotadas", disse.

Ele afirmou ainda que a fiscalização é robusta, que envolve órgãos municipais e estaduais. "À noite, certamente teremos órgãos fazendo a fiscalização", disse.

Mais notícias


Publicidade